Gilvan de Souza/Divulgação
Gilvan de Souza/Divulgação

Guerrero estreia no Maracanã, marca e Flamengo bate Grêmio

Peruano anota pelo terceiro jogo seguido, desta vez no 1 a 0

RONALD LINCOLN JR., O Estado de S. Paulo

18 de julho de 2015 | 20h45

Cerca de 50 mil torcedores foram ao estádio do Maracanã, no Rio, dispostos a ver a estreia de Paolo Guerrero com a camisa do Flamengo em casa e não se decepcionaram. Mais uma vez o atacante fez gol e garantiu a vitória por 1 a 0 sobre o Grêmio, neste sábado, pela 14.ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com o resultado, o time carioca chegou aos 16 pontos e se afastou da zona de rebaixamento. A equipe gaúcha, por sua vez, se manteve no G4, com 26 pontos, mas pode ser ultrapassada por São Paulo ou Sport, que se enfrentam neste domingo.

Os donos da casa começaram a partida imprimindo um ritmo forte, sempre buscando o atacante Guerrero na área. A equipe gaúcha suportou bem até os 20 minutos e então começou a reagir. Aproveitando uma brecha na defesa flamenguista, Galhardo invadiu a área e chutou no travessão. Depois disso, o Grêmio seguiu no controle das iniciativas. Povoava o meio de campo, de modo que a criação rubro-negra ficou neutralizada, e na hora de atacar, subia em grande número.

Desorganizado, o Flamengo tinha dificuldade para escapar da marcação do Grêmio que, aliás, abusou de faltas duras. Mas, ainda assim, foram os donos da casa que abriram o placar. Aos 40 minutos, Ayrton cruzou na área, Marcelo cabeceou e o goleiro Marcelo Grohe acabou dando o rebote, que Guerrero escorou para o gol.

A partida ficou mais equilibrada depois do intervalo. Arthur Maia entrou bem no lugar de Marcelo Cirino e pôs o Flamengo de volta no jogo. Emerson por pouco não ampliou em bobeira de Marcelo Grohe. Para piorar, o técnico Roger Machado mexeu mal ao trocar Douglas por Fernandinho e viu a sua equipe cair de produção.

Em busca de aumentar a vantagem, o time de Cristóvão Borges fez uma blitz na área gremista e em cinco minutos teve duas chances claras de gol, em finalizações de Wallace e Everton. Sem fôlego, o Grêmio ainda tentou pressionar em bolas paradas, mas deu de frente com o goleiro César, que fez boas defesas e garantiu a vitória do Flamengo, em um resultado que quebrou a série de três derrotas seguidas em casa.

FICHA TÉCNICA

FLAMENGO 1 x 0 GRÊMIO

FLAMENGO - César; Ayrton, Marcelo, Wallace e Jorge; Marcio Araújo, Canteros e Everton (Gabriel); Emerson, Marcelo Cirino (Arthur Maia) e Guerrero. Técnico: Cristóvão Borges.

GRÊMIO - Marcelo Grohe; Galhardo, Geromel, Rhodolfo e Marcelo Hermes; Walace (Braian Rodriguez), Maicon, Douglas (Fernandinho) e Giuliano; Luan e Pedro Rocha (Vitinho). Técnico: Roger Machado.

GOL - Guerrero, aos 40 minutos do primeiro tempo.

CARTÕES AMARELOS - Emerson (Flamengo); Geromel, Maicon, Marcedlo Grohe, Marcelo Hermes e Pedro Rocha (Grêmio).

ÁRBITRO - Ricardo Marques Ribeiro (Fifa/MG).

RENDA - R$ 2.070.015,00.

PÚBLICO - 44.318 pagantes (51.055 no total).

LOCAL - Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ).

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBrasileirãoFlamengoGrêmio

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.