Com gol de Hernández, United abre nove pontos no Inglês

O gol do atacante mexicano Javier Hernández no final da partida garantiu ao Manchester United nove pontos na liderança do Campeonato Inglês e a vitória por 1 x 0 em casa contra o Everton.

MITCH PHILLI, REUTERS

23 de abril de 2011 | 12h48

O United, que tinha ficado no 0 x 0 contra o Newcastle no meio da semana passada, parecia pronto para mais um empate até o mexicano mudar o patamar da partida e colocar o seu time próximo da conquista do 19o título do torneio, o que seria um recorde.

Antes de visitar o Schalke 04 pela primeira partida da semifinal da Liga dos Campeões da Europa na terça, o Manchester garantiu 73 pontos no Campeonato Inglês com quatro partidas a serem jogadas. O Chelsea, que enfrenta o West Ham United ainda neste sábado, está em segundo com 64 pontos, e o Arsenal, que viaja para enfrentar o Bolton Wanderers no domingo, também tem 64.

O Manchester City, que visita o Blackburn Rovers na segunda à noite, é o quarto com 56 pontos, seguido pelo quinto colocado Tottenham Hotspur com 54, que enfrenta em casa o West Bomwich Albion também neste sábado.

O Everton, sétimo colocado, estava invicto em sete partidas pelo campeonato antes da partida, mas o desempenho da equipe no Old Trafford é ruim. A última vitória que conseguiram no estádio do United foi em 1992 --quando um Ryan Giggs com apenas 19 anos estava em campo.

O Everton fez pouco para indicar que acabariam com o tabu neste sábado, mas ao se esforçar bastante na defesa, a equipe conseguiu manter o Manchester United sem marcar.

Hernández, também conhecido como Chicharito, teve um bom chute defendido por Tim Howard antes de aproveitar a boa jogada e o cruzamento de Valencia pelo lado direito que desviou no meia português Nani antes de cruzar a linha do gol.

O Everton raramente ameaçou, mas o chute forte rasteiro de Jack Rodwell quase superou Edwin van der Sar, que mergulhou para fazer a defesa.

O United, vencido na semifinal da Copa da Inglaterra pelo Manchester City há uma semana, não jogou um futebol empolgante, mas passou a pressionar o Everton no final da partida até conseguir o gol.

O Manchester venceu 16 jogos e empatou apenas um nas suas 17 partidas em casa. Duas vitórias nas duas próximas partidas pelo Campeonato Inglês garantem o título antecipado da equipe, mas são jogos difíceis --fora de casa contra o Arsenal e em casa contra o Chelsea.

"Nós continuamos tentando", disse o técnico do United, Alex Ferguson, em entrevista para a Sky Sports. "Nós jogamos bem hoje, tivemos boas chances e poderíamos ter marcado ainda no primeiro tempo. Mas, como é tradicional no Manchester United, não fizemos isso. Seguimos tentando, mantendo todo mundo à beira de um colapso até chegarmos lá. Enfrentamos um bom time, estou feliz", acrescentou.

Tudo o que sabemos sobre:
FUTINGLATERRAMANUTDVENCE*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.