Rubens Chiri/São Paulofc.net
Rubens Chiri/São Paulofc.net

Com gols de Hernanes e Arboleda, São Paulo bate a Ferroviária de virada

Equipe comandada por Fernando Diniz mostra boa produção ofensiva e vence mais uma partida pelo Campeonato Paulista

Marcius Azevedo, O Estado de S.Paulo

29 de janeiro de 2020 | 23h32

O São Paulo superou a Ferroviária por 2 a 1, de virada, nesta quarta-feira, na Fonte Luminosa, em Araraquara, e conquistou o segundo triunfo em três jogos no Campeonato Paulista. Mais do que o resultado positivo, o time do técnico Fernando Diniz deixou uma ótima impressão, com um repertório ofensiva interessante. Foram 17 finalizações.

Os gols foram anotados por Hernanes, no primeiro tempo, e Arboleda, na etapa final. Alexandre Pato não marcou, mas teve uma boa atuação na primeira oportunidade que recebeu como titular na temporada. Não à toa, o atacante saiu aplaudido pelos torcedores ao ser substituído por Everton.

A vitória deixa o São Paulo na liderança do Grupo C, com sete pontos. A Inter de Limeira, que enfrenta o Santos nesta quinta-feira, na Vila Belmiro, está em segundo com três. A Ferroviária soma apenas um ponto e está na lanterna do Grupo D.

Com Helinho fora por até dois meses após sofrer uma entorse no tornozelo esquerdo, Pato ganhou uma oportunidade para comprovar que pode ser útil ao time de Diniz. A primeira impressão foi positiva. Atuando pelo lado direito, ele fez boa jogada individual e quase abriu o placar aos 4 minutos. Saulo fez ótima defesa.

Apesar do lance, Diniz não ficou satisfeito com o comportamento do ataque e, com 20 minutos, já havia invertido o posicionamento de Pato com Pablo. Na primeira jogada entre os dois, outra boa chance. Pablo roubou a bola de Carlão e rolou para Pato, que finalizou de pé direito e acertou o travessão.

O São Paulo era melhor e não aproveitou. Custou caro. A Ferroviária fez 1 a 0 na primeira oportunidade, aos 27 minutos. Claudinho recebeu na direita, driblou Reinaldo e cruzou rasteiro na área. Henan foi travado pela defesa, mas Felipe Ferreira apareceu livre para fuzilar Volpi.

A resposta do São Paulo foi imediata. Três minutos depois do gol da Ferroviária aconteceu o empate com Hernanes. O volante recebeu de Pablo na intermediária, limpou o lance duas vezes e finalizou de pé esquerdo, rasteiro, no canto de Saulo.

Diniz apostou na manutenção da equipe para o segundo tempo. Apesar do empate, o São Paulo fez bons 45 minutos, com boa movimentação ofensiva. A aposta deu resultado. Logo aos 5 minutos Arboleda virou o jogo. Hernanes cobrou escanteio, Bruno Alves cabeceou e o equatoriano finalizou após Saulo dar rebote. Na comemoração, Reinaldo simulou tirar uma foto do zagueiro ao lado dos companheiros, uma alusão ao episódio polêmico em que ele apareceu com a camisa do Palmeiras em um registro similar nas férias.

Mesmo após virar o placar, o São Paulo não diminuiu o ritmo. A equipe de Diniz ostentava 65% de posse de bola e procurava agredir o adversário. O repertório ofensivo continuou variado, mas o goleiro Saulo evitou o terceiro em pelos menos duas finalizações de Pablo. Na parte final, o time tricolor também soube se portar bem defensivamente para garantir o resultado.

FICHA TÉCNICA

FERROVIÁRIA 1 x 2 SÃO PAULO

FERROVIÁRIA: Saulo; Lucas Mendes; Rayan, Carlão e Bruno Recife; Pablo, Tony, Claudinho (Yuri) e Felipe Ferreira; Fellipe Mateus (Léo Artur) e Henan (Hygor). Técnico: Sérgio Soares.

SÃO PAULO: Tiago Volpi, Juanfran, Arboleda, Bruno Alves e Reinaldo; Tchê Tchê (Luan), Daniel Alves e Hernanes; Alexandre Pato (Everton), Pablo e Vitor Bueno (Toró). Técnico: Fernando Diniz.

GOLS: Felipe Ferreira, aos 27, Hernanes, aos 30 minutos do primeiro tempo; Arboleda, aos 5 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO: Ilbert Estevam da Silva.

CARTÃO AMARELO: Nenhum.

PÚBLICO: 10.940 pagantes.

RENDA: R$ 511.210,00.

LOCAL: Fonte Luminosa, em Araraquara

Tudo o que sabemos sobre:
São Paulo Futebol Clubefutebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.