Com gol de Lenny, Palmeiras vence Marília no Paulistão

O Palmeiras entrou em campo nesta terça-feira, no Palestra Itália, já pensando na estreia pela Copa Libertadores, que acontece na quinta. Luxemburgo poupou quatro titulares - Keirrison, Pierre, Cleiton Xavier e Diego Souza -, mas isso não tirou a força do líder do Paulistão, que venceu o Marília por 3 a 0 e chegou a nove pontos. O destaque da partida foi o atacante Lenny, que além de uma boa atuação, conseguiu, enfim, o seu primeiro gol pelo Palmeiras.A vitória deixou a equipe tranquila na liderança da competição, três pontos à frente do Santos. O resultado também pode ajudar o time palmeirense a entrar mais confiante na partida contra o Real Potosí. Depois de vencer o Marília, e deixar a equipe do interior paulista com apenas um ponto, na 16.ª posição, o Palmeiras volta a campo às 20h30 da quinta-feira, novamente no Palestra Itália, para enfrentar o time boliviano. A vitória é importante para jogar a partida de volta, em Potosí, com folga no placar, por causa da elevada altitude local.Nesta terça, o confronto no Palestra Itália começou com o Palmeiras no ataque. Com menos de um minuto de jogo, o estreante Pablo Armero recebeu no bico da área e bateu cruzado, fazendo a bola passar perto da meta do Marília. Desta forma, o colombiano já mostrava que passaria boa parte do confronto na frente, apoiando e municiando os atacantes palmeirenses.Apesar do gramado encharcado, por causa da forte chuva que caiu em São Paulo antes e durante o início da partida, o Palmeiras driblava as adversidades para seguir pressionando. Depois que Wendel também já havia experimentando um chute de longe, o gol acabou saindo aos 16 minutos, em bela trama dos jogadores de frente do Palmeiras.Lenny tabelou com Max e invadiu a área pela direita, cruzando rasteiro para Evandro, que só teve o trabalho de empurrar para as redes, fazendo 1 a 0. No restante do primeiro tempo, o time do técnico Vanderlei Luxemburgo seguiu melhor, e o Marília pouco tentava para evitar a derrota. Max e Lenny ainda tiveram novas chances de marcar, mas pararam no goleiro Giovanni. No último lance da primeira etapa, Edmílson, o outro estreante da noite, evitou o empate do Marília. Tiago Souza se livrou da marcação dentro da área palmeirense e fez o cruzamento quando o goleiro Marcos apareceu para tentar evitar o chute. Rafael Mineiro estava livre para marcar, mas o novo reforço do Palmeiras se esticou e mandou para a linha de fundo.No segundo tempo, a partida seguiu da mesma maneira, com o Palmeiras controlando as ações e o Marília se limitando a tentar alguns poucos contra-ataques. Logo aos quatro minutos, Max teve outra chance de marcar. O atacante recebeu de Lenny e tentou um leve toque na saída de Giovanni, que conseguiu desviar para escanteio.Aos 15 minutos, Luxemburgo decidiu fazer duas alterações no time: tirou Max para a entrada de Keirrison, e colocou Cleiton Xavier no lugar de Evandro. Logo que entrou, o reforço vindo do Coritiba desequilibrou ainda mais o jogo. Em seu primeiro lance, Keirrison ia partindo de cara para o gol e sofreu falta de Rodrigo Costa, que foi expulso.O atacante foi para cobrança na entrada da área e bateu bem, complicando a defesa de Giovanni, que deu rebote. Na sequência, Fabiano Gadelha derrubou Wendel e o árbitro marcou pênalti. O próprio Keirrison foi para a cobrança, mas o goleiro do Marília adivinhou o canto e foi buscar, evitando o segundo do Palmeiras.Ainda buscando ampliar o placar, o gol palmeirense acabou saindo justamente em uma falha de Giovanni, aos 29 minutos. O goleiro afastou o cruzamento para a entrada da área, onde Cleiton Xavier estava bem colocado para bater colocado e marcar o seu terceiro com a camisa do Palmeiras no Paulistão.Os minutos finais do jogo no Palestra Itália foram marcados pela redenção de Lenny, que chegou ao Palmeiras no início de 2008 e ainda não tinha marcado sequer um gol. Primeiro o atacante teve duas oportunidades, mas na terceira não desperdiçou. Aos 42, Keirrison não conseguiu alcançar o lançamento na área e a bola sobrou para Lenny, que bateu de primeira e fez 3 a 0. Nos acréscimos, o jogador ainda quase marcou o seu segundo, em chute colocado que foi para fora. Palmeiras 3 x 0 MaríliaPalmeiras - Marcos; Maurício Ramos, Edmílson e Danilo; Wendel, Sandro Silva (Diego Souza), Jumar, Evandro (Cleiton Xavier) e Pablo Armero; Lenny e Max (Keirrison). Técnico: Vanderlei Luxemburgo.Marília - Giovanni; Tiago Souza, Rodrigo Costa, Leandro Amaro e João Victor (Gilson); Ataliba, João Vitor, Rafael Mineiro e Fabiano Gadelha; Robert (Rafael Caldeira) e Reinaldo (Cássio). Técnico: João Martins.Gols - Evandro, aos 16 minutos do primeiro tempo; Cleiton Xavier, aos 29, e Lenny, aos 42 minutos do segundo tempo.Árbitro - Robinson José Andréa de Góes (SP).Cartões amarelos - Maurício Ramos e Danilo (Palmeiras); Leandro Amaro, João Victor, Gilson e Ataliba (Marília).Cartão vermelho - Rodrigo Costa (Marília).Renda - R$ 150.562,80.Público - 7.496 espectadores.Local - Estádio Palestra Itália, em São Paulo (SP).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.