Com gol de Marquinhos a favor e contra, Figueirense fica empata com o Boa

Zagueiro marca para os dois times e resultado não é bom para nenhum dos lados

Estadao Conteudo

08 de setembro de 2017 | 21h43

Boa e Figueirense ficaram no empate por 1 a 1 nesta sexta-feira, no estádio do Melão, em Varginha (MG), pela 23.ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. A partida teve uma expulsão para cada lado, e o experiente zagueiro Marquinhos, capitão do time catarinense, foi o grande destaque marcando os dois gols, um a favor e um contra.

O resultado foi ruim para ambos. O Boa fica estacionado na nona posição com 32 pontos, a cinco de distância do G4. O Figueirense permanece na zona de rebaixamento por mais uma rodada. Está na 17.ª colocação com 25 pontos e ainda pode ser ultrapassado pelo Santa Cruz, 18.º com dois pontos a menos, que só joga no sábado.

O time visitante começou melhor a partida e abriu o placar aos 26 minutos com o capitão Marquinhos. Zé Eduardo cruzou da esquerda, o goleiro Fabrício espalmou para o meio da área e o zagueiro apareceu livre para completar para o gol.

Após sair perdendo, o Boa mostrou nervosismo e acabou se complicando com a expulsão de Caíque. O zagueiro, que já tinha cartão amarelo, subiu para cabecear a bola e deu uma cotovelada em Henan, sendo expulso pelo árbitro pernambucano Gilberto Rodrigues Castro Júnior.

A partir daí, a partida ficou muito brigada, com o time da casa tentando forçar jogadas para cima dos adversários no intuito de que um deles também fosse expulso. E a estratégia realmente funcionou. Apenas quatro minutos mais tarde, Zé Antônio, que já tinha amarelo, cometeu falta em Rodolfo e também recebeu cartão vermelho.

Com dez jogadores para cada lado, a segunda etapa foi bem movimentada, com mais espaço para que as duas equipes buscassem o ataque. E foi o Boa quem se aproveitou melhor e passou a pressionar em busca do empate.

De tanto insistir, aos 23 minutos, Thaciano aproveitou cobrança de escanteio e desviou na primeira trave. A bola bateu em Marquinhos e entrou.

Os minutos finais foram de pressão dos mandantes em busca da virada, mas o goleiro Saulo mostrou segurança nas jogadas em que foi exigido e segurou o empate até o apito final.

Na próxima rodada, o Boa enfrenta o Guarani na terça-feira, às 19h15, novamente em Varginha. O Figueirense só entra em campo no dia 16 de setembro (sábado), às 16h30, contra ao Internacional, no Beira-Rio, em Porto Alegre (RS).

FICHA TÉCNICA:

BOA 1 X 1 FIGUEIRENSE

BOA - Fabrício; Léo Baiano (Reis), Caíque, Júlio Santos e Paulinho; Escobar, Diones, Thaciano e Felipe Mateus (Geandro); Rodolfo e Casagrande (Douglas Assis). Técnico: Nedo Xavier.

FIGUEIRENSE - Saulo; Dudu, Marquinhos, Leandro Almeida e Guilherme Lazaroni (João Lucas); Abuda, Zé Antônio e Marco Antônio; Jorge Henrique (Patrick), Henan e Zé Eduardo (Luidy). Técnico: Milton Cruz.

GOLS - Marquinhos, aos 26 minutos do primeiro tempo, e Marquinhos (contra), aos 23 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Gilberto Rodrigues Castro Junior (PE).

CARTÕES AMARELOS - Caique (Boa); Dudu, Zé Antônio e Luidy (Figueirense).

CARTÕES VERMELHOS - Caíque (Boa); Zé Antônio (Figueirense).

RENDA E PÚBLICO - Não disponíveis.

LOCAL - Estádio do Melão, em Varginha (MG).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.