Rubens Chiri/ saopaulofc.net
Rubens Chiri/ saopaulofc.net

Com gol de Pablo, São Paulo vence Sport, amplia série positiva e sobe na tabela

Time de Hernán Crespo alcança a 12ª posição e abre cinco pontos de vantagem para o Z-4

Bruno Accorsi, especial para o Estadão, O Estado de S.Paulo

22 de agosto de 2021 | 22h46

Ainda juntando os cacos após a eliminação para o Palmeiras nas quartas de final da Libertadores, o São Paulo deu sequência ao momento de reação vivido no Brasileirão e venceu pela terceira vez seguida ao bater o Sport por 1 a 0, neste domingo, em jogo válido pela 17.ª rodada. O único gol da partida, disputada no estádio da Ilha do Retiro, no Recife, foi marcado por Pablo, um dos jogadores mais cobrados pela torcida após a derrota no clássico.

Depois de iniciar a rodada em 14º lugar, o time são-paulino subiu duas posições na tabela e agora é o 12º colocado, com 21 pontos, cinco a mais que o Grêmio, primeiro time dentro da zona de rebaixamento. O Sport, por sua vez, está logo abaixo dos gremistas, na 18.ª colocação, com 15 pontos somados.

Alvo de críticas incessantes desde terça-feira, em razão do gol perdido na derrota por 3 a 0 para o Palmeiras na Libertadores, o atacante Pablo precisou de pouco tempo em campo na Ilha do Retiro para amenizar o peso da eliminação do meio da semana. O cronômetro ainda marcava quatro minutos no momento em que ele recebeu um passe certeiro de Rodrigo Nestor, invadiu a área, e tocou no canto direito do goleiro Maílson para abrir o placar.

A jogada que originou o gol foi um raro lance de criatividade do São Paulo, que produziu muito pouco ofensivamente na sequência do primeiro tempo. Do outro lado, o Sport também não fez uma grande apresentação, embora tenha se mobilizado mais no campo de ataque do que o adversário. Sem grandes oportunidades, o jogo foi para o intervalo com a vantagem são-paulina no placar.

Já o início do segundo tempo contou com sinais de vida do Sport, que parou em duas boas defesas de Tiago Volpi após finalizações seguidas de José Welison e Marcão Silva antes da marca dos dez minutos. Depois do bom momento, no entanto, o time pernambucano não conseguiu manter o ritmo para pressionar os visitantes.

A partir da segunda metade da etapa final, o técnico Crespo começou a fazer alterações no São Paulo. Com isso, Luciano, de volta após dois meses se recuperando de lesão, e Benítez, que não jogava desde o dia 4 de agosto, foram a campo nos lugares de Pablo e Rigoni, respectivamente. As alterações não surtiram tanto efeito, e o time paulista ainda teve que contar com mais uma intervenção de Volpi, aos 36 minutos, para evitar um gol de Mikael.

Agora um pouco mais tranquilo, o São Paulo volta a campo na próxima quarta-feira, quando recebe o Fortaleza no Morumbi para a disputa do jogo de ida das quartas de final da Copa do Brasil. O próximo compromisso pelo Brasileirão será contra o Juventude, em jogo marcado para domingo que vem, no Alfredo Jaconi. O Sport joga um dia antes, na Ilha do Retiro, contra a Chapecoense.

FICHA TÉCNICA

SPORT 0 x 1 SÃO PAULO

SPORT - Maílson; Hayner, Pedo Henrique, Sabino e Sander (Chico); José Welison (Thiago Neves), Marcão Silva e Hernanes (Luciano Juba); Everton Felipe (Mikael), André (Cristiano) e Paulinho Moccelin. Técnico: Umberto Louzer.

SÃO PAULO - Tiago Volpi; Daniel Alves, Bruno Alves, Miranda e Léo; Rodrigo Nesto, Liziero (Igor Gomes) e Vitor Bueno (Luan); João Rojas (Diego), Pablo (Luciano) e Rigoni (Benítez). Técnico: Hernán Crespo.

GOL - Pablo, aos 4 minutos do primeiro tempo.

CARTÕES AMARELOS - André e Paulinho Moccelin (Sport); Léo e Liziero (São Paulo).

ÁRBITRO - Paulo Roberto Alves Júnior (PR).

RENDA E PÚBLICO - Jogo com portões fechados.

LOCAL - Estádio da Ilha do Retiro, no Recife (PE).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.