Divulgação
Divulgação

Com gol de pênalti, Botafogo-SP empata com o São Bento

Time de Sorocaba vencia o jogo até metade do segundo tempo, quando penalidade cobrada por Rodrigo Andrade definiu resultado

Estadão Conteúdo

11 de fevereiro de 2015 | 21h57

O São Bento bem que tentou, mas não conseguiu arrancar uma vitória diante do Botafogo na noite desta quarta-feira, em partida realizada no Estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto, pela quarta rodada do Campeonato Paulista. O clube de Sorocaba vencia o jogo até o pênalti cometido por Marcelo Cordeiro, à la Suárez, convertido por Rodrigo Andrade, fazendo com que o jogo terminasse no 1 a 1.

Com o resultado, o São Bento segue invicto na competição, com seis pontos no Grupo B, a mesma pontuação de Corinthians e Rio Claro. O Botafogo, por sua vez, empatou a sua terceira seguida e soma também seis pontos na tabela de classificação, que tem o Palmeiras como favorito a ficar com a vaga na próxima fase.

A chuva que caiu nesta tarde na cidade castigou o gramado do Santa Cruz. Ficou impossível trocar passes ou esboçar jogadas com mais efeito, o que fez com que os times optassem por arriscar chutes de longa distância ou apostassem nas bolas alçadas na área. O Botafogo estava melhor, pressionava, mas o São Bento foi eficaz quando chegou ao gol. Aos 41 minutos, em lateral cobrado direto na área, a defesa falhou e a bola sobrou para Renan Mota. O atacante deu um peixinho para desviar de cabeça e abrir o marcador.

A segunda etapa começou movimentada. O gramado melhorou e a bola rolou com mais facilidade. Aos poucos, o Botafogo foi para a pressão e esbarrava no goleiro Henal. Isso até os 29 minutos. Marcelo Cordeiro deu uma de Suárez, colocou a mão na bola em cima da linha e foi expulso. Na cobrança de pênalti, Rodrigo Andrade deixou tudo igual.

Na próxima rodada, o São Bento encara o Palmeiras no sábado, às 19h30, no Estádio Walter Ribeiro, em Sorocaba. Já o Botafogo visita o Corinthians no mesmo dia, às 17h, no Itaquerão, em São Paulo.

FICHA TÉCNICA

BOTAFOGO 1 x 1 SÃO BENTO

BOTAFOGO - Renan Rocha; Roniery (Bruno Costa), Eli Sabiá, Halisson e Denis; Gimenez, André Rocha, Liel (Rodrigo) e Zé Roberto (André Santos); Wesley e Giancarlo. Técnico: Alexandre Ferreira.

SÃO BENTO - Henal; Alex Reinaldo, Wanderson (Xandão), João Paulo e Marcelo Cordeiro; Renan Teixeira, Serginho Catarinense, Eder Correia e Éder; Renan Mota (Chico) e Nilson (Bruno Ré). Técnico: Paulo Roberto Santos.

GOLS - Renan Mota, aos 41 minutos do primeiro tempo. Rodrigo Andrade (pênalti), aos 29 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Roniery, Rodrigo, Eli Sabiá e Giancarlo (Botafogo); Wanderson, Chico e Renan Teixeira (São Bento).

CARTÃO VERMELHO - Marcelo Cordeiro (São Bento).

ÁRBITRO - Antônio Rogério Batista do Prado.

RENDA E PÚBLICO - Não disponíveis.

LOCAL - Estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto (SP).

Tudo o que sabemos sobre:
futebolPaulistãoBotafogoSão Bento

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.