Divulgação/VipComm
Divulgação/VipComm

Com gol de pênalti, reservas do Cruzeiro derrotam o Avaí

Equipe mineira ganha em casa por 1 a 0 e se afasta das últimas posições do Campeonato Brasileiro 2009

Eduardo Kattah, Agencia Estado

27 de junho de 2009 | 20h58

Com um time formado por reservas e atletas juniores, o Cruzeiro venceu o Avaí por 1 a 0, neste sábado, no Mineirão, em Belo Horizonte, em partida válida pela oitava rodada do Campeonato Brasileiro. Depois de quatro rodadas sem vencer, a equipe mineira conquistou seu terceiro triunfo na competição e chegou a dez pontos, subindo do 15.º lugar para o nono lugar na tabela de classificação. A equipe de Florianópolis, por sua vez, permanece na zona de rebaixamento, com sete pontos, na 18.ª posição.

Veja também:

linkGoiás goleia o Botafogo e gera crise no time carioca

especial Mercado: as transferências dos times

especial MASCOTES - Baixe o papel de parede do seu time

especial Visite o canal especial do Brasileirão

Brasileirão 2009 - lista Tabela / tabela Classificação

especial Dê seu palpite no Bolão Vip do Limão

Mais preocupado com a decisão de uma vaga na final da Copa Libertadores, na próxima quinta-feira, no Olímpico, em Porto Alegre, contra o Grêmio, o Cruzeiro entrou em campo com apenas um titular: o volante Henrique.

Contudo, mesmo sem seus principais atletas e diante de um Mineirão praticamente vazio, o time celeste foi mais produtivo no ataque e criou mais chances para abrir o marcador no primeiro tempo. O que aconteceu aos 41 minutos. O armador Dudu, destaque da partida, sofreu pênalti, que o atacante Zé Carlos cobrou e converteu, fazendo 1 a 0 para a equipe da casa.

No início da etapa final, o Cruzeiro por pouco não ampliou com o meia Bernardo, mas os atletas celestes demonstraram cansaço e time catarinense passou a pressionar em busca do empate. Nos 15 minutos finais, o técnico Adilson Batista recorreu ao titular Wagner para tentar dar mais organização e poder ofensivo à equipe celeste.

Mas a pressão do Avaí continuou e por pouco o time catarinense não empatou aos 41 minutos. Já nos acréscimos, o goleiro Andrey, com uma importante defesa, assegurou a vitória celeste. "Graças a Deus deu tudo certo e consegui ajudar a equipe", comemorou, ao final da partida, o reserva de Fábio.

CRUZEIRO 1 X 0 AVAÍ

Cruzeiro - Andrey; Jancarlos, Anderson, Luizão e Vinicius; Henrique, Mateus, Uchoa e Bernardo (Diego Renan); Dudu e Zé Carlos (Wanderley). Técnico: Adilson Batista

Avaí - Eduardo Martini; Ferdinando, Émerson, Anderson Luís e Uendel (Eltinho), Xaves (Michel), Marquinhos e Muriqui; Luís Ricardo e Lima (Willian). Técnico: Silas

Gol - Zé Carlos (pênalti), aos 41 minutos do primeiro tempo

Cartões amarelos - Andrey (Cruzeiro); Xaves e Léo Gago (Avaí)

Árbitro - Jaílson Macedo Freitas (BA)

Renda - R$ 59.786,72

Público - 3.435 pagantes

Local - Estádio do Mineirão, em Belo Horizonte (MG)

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.