David Fernández/EFE
David Fernández/EFE

Com gol de Pratto, River despacha o Racing e vai às quartas da Libertadores

Ex-atacante do São Paulo abre o caminho da vitória por 3 a 0, no Monumental de Nuñez

Estadão Conteúdo

29 Agosto 2018 | 21h42

O River Plate derrotou o Racing por 3 a 0 nesta quarta-feira, em casa, no estádio Monumental de Nuñez, e avançou para as quartas de final da Libertadores - o jogo de ida terminou no empate sem gols.

Na próxima fase, a equipe enfrentará o Independiente, que na terça-feira despachou o Santos. A vitória veio de maneira tranquila e começou com um gol aos 10 minutos do primeiro tempo do centroavante Lucas Pratto, ex-São Paulo e ex-Atlético-MG. Ele aproveitou cruzamento da direita e, livre no meio da área, bateu para as redes.

O gol saiu na sequência de o Racing pedir pênalti em cima de outro ex-são-paulino, Centurión. Ele invadiu a área pela direita e foi derrubado por Casco. O árbitro mandou o jogo seguir. O Racing tentou ir para cima e levou o segundo.

Em um contra-ataque, Quintero arrancou, mas se atrapalhou ao tentar levar para o meio. No entanto, deu sorte porque Orbán cortou e deixou Palacios na cara do gol. O atacante só teve o trabalho de tocar na saída do goleiro.

O terceiro veio aos 36 do segundo tempo. Após cruzamento na área, Borré antecipou e desviou para as redes. Na sequência, houve um confusão entre Enzo Pérez, do River, e Centurión, do Racing, e os dois acabaram expulsos. No último minuto, o Racing ainda teve mais outro jogador com cartão vermelho: Soto, por falta em Montiel.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.