Ivan Storti/Santos FC
Ivan Storti/Santos FC

Com gol e vitória, Bruno Henrique comemora volta por cima do Santos

Atacante define triunfo sobre o Atlético-PR e se redime após ser um dos vilões na derrota para o Barcelona-EQU

Estadão Conteúdo

23 de setembro de 2017 | 23h34

Um dos vilões da eliminação do Santos na Copa Libertadores ao ser expulso no segundo jogo das quartas de final contra o Barcelona de Guayaquil, Bruno Henrique também chamou a atenção no primeiro compromisso da equipe após a queda, mas agora com um gol marcado. Afinal, foi ele quem definiu a vitória por 1 a 0 sobre o Atlético Paranaense, na noite deste sábado, na Vila Belmiro, pelo Campeonato Brasileiro.

Após o duelo, Bruno Henrique apontou que o desafio do Santos era grande, lembrando as dificuldades impostas pelo Atlético-PR nos confrontos pelas oitavas de final da Libertadores, mas destacou que o time adotou uma postura diferente para reagir após duas derrotas - para o Barcelona e também para o Botafogo, pelo Brasileirão.

"Depois do jogo em que a gente foi eliminado, enfrentar uma equipe muito qualificada como o Atlético-PR não seria fácil. Ainda estamos tristes, digerindo. Ficou de lição o que aconteceu. Não é fácil, mas entramos com uma postura diferente e conseguimos sair com a vitória", disse.

Expulso depois de dar uma cusparada em Damian Díaz no duelo com o Barcelona, Bruno Henrique, em tom de desabafo, voltou a pedir desculpas pelo seu ato e a se declarar arrependido, garantido ter sofrido muito nos dias seguintes ao confronto pela Libertadores.

"Fico triste. Acontece com todo mundo. Na final da Copa do Mundo, o Zidane deu uma cabeçada no Materazzi. Somos seres humanos. Só eu sei o que eu passei durante essa semana. Temos que digerir e dar resposta. Não posso parar. Pedi desculpas a todos, especialmente ao jogador do Barcelona. Ainda mais que somos adversários dentro de campo, fora dele somos companheiros de profissão", comentou.

Com a vitória, o Santos chegou aos 44 pontos, em segundo lugar no Brasileirão, embora possa ser ultrapassado pelo Grêmio no complemento da rodada. O time voltará a jogar no próximo sábado, quando vai visitar o Palmeiras, no Allianz Parque, pela 26ª rodada.

Tudo o que sabemos sobre:
Santos Futebol ClubeBruno Henrique

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.