Cesar Greco / Agência Palmeiras
Cesar Greco / Agência Palmeiras

Com gol em BH, Dudu se isola como 2º maior artilheiro do Palmeiras no Brasileiro

Atacante celebrou tento contra o Cruzeiro fazendo a 'sarrada no ar', gesto visto como provocação ao rival Sassá

Redação, Estadão Conteúdo

09 de dezembro de 2019 | 04h30

Com o segundo gol da vitória por 2 a 0 do Palmeiras sobre o Cruzeiro, no Mineirão, neste domingo, o atacante Dudu conseguiu um feito histórico. Ele chegou aos 41 gols no Campeonato Brasileiro pelo time alviverde e se isolou como segundo maior goleador da história do clube, superando Leivinha.

O maior artilheiro do Palmeiras no torneio é Cesar Maluco, com 61 gols marcados. Na galeria dos cinco maiores goleadores, já foram superados pelo atual camisa 7 o meia Ademir da Guia (36 gols) e o atacante Edmundo (34 gols).

Mesmo com o bom resultado fora de casa, o Palmeiras não conseguiu alcançar o segundo lugar na tabela de classificação. Com a vitória do Santos sobre o Flamengo, o time dirigido interinamente por Andrey Lopes, o Cebola, acabou em terceiro lugar.

O gol de Dudu também foi marcado por certa polêmica. O atacante fez uma comemoração diferente. Depois de aproveitar cruzamento e cabecear a bola no ângulo, correu com os braços abertos e deu uma "sarrada no ar". O gesto é o mesmo utilizado pelo cruzeirense Sassá na celebração de seus gols. A exemplo dos demais jogadores do Palmeiras, o atacante deixou o Mineirão sem dar declarações à imprensa.

Vale lembrar que na semifinal da Copa do Brasil de 2018, Sassá acertou soco em Mayke, lateral-direito do Palmeiras. Na ocasião, Dudu chamou o rival de covarde. Com o resultado deste domingo, o Cruzeiro acabou rebaixado à Série B no ano que vem.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.