Twitter / Coritiba
Twitter / Coritiba

Com gol no fim, Coritiba vence o Sport na estreia de Jorginho Campos

Zagueiro Sabino converte pênalti aos 50 minutos do segundo tempo para garantir três pontos ao time alviverde

Redação, Estadão Conteúdo

30 de agosto de 2020 | 19h20

No duelo de técnicos estreantes, Jorginho Campos levou a melhor sobre Jair Ventura. Em jogo pouco animado, o Coritiba conseguiu anotar um gol aos 49 minutos do segundo tempo e derrotou o Sport por 1 a 0, na tarde deste domingo, no estádio Couto Pereira, na capital paranaense, pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro. O zagueiro Sabino foi o herói da partida.

O resultado fez os times trocarem de lugar na classificação. O Coritiba deixou a lanterna e saltou para o meio da tabela, com seis pontos. O Sport, por sua vez, tomou o caminho contrário. Saiu da zona da tranquilidade e assumiu o último lugar do Brasileirão, com quatro pontos.

Por um lado o retorno de Jorginho ao banco do Coritiba, após ser trocado por Eduardo Barroca, em dezembro do ano passado, por outro, Jair Ventura, que volta a comandar uma equipe após quase dois anos.

Estreantes, os dois treinadores foram tímidos na escalação. O treinador paranaense praticamente manteve a mesma equipe que derrotou o Bragantino na última rodada. Ventura optou por ser mais cauteloso, mandando a campo um time com três volantes.

O que se viu no primeiro tempo foi pouco futebol e muita briga. O Sport até começou mais perigoso em cruzamento errado de Élton, que quase surpreendeu Wilson. No decorrer do jogo, no entanto, o que se viu foi um primeiro tempo morno, pobre em inspiração e chances criadas.

Pouco antes do intervalo, o Coritiba ensaiou uma blitz. Primeiro, William Matheus finalizou cruzado, mas a defesa do Sport apareceu para cortar antes de Sassá concluir. Na sequência, após escanteio, Sabino subiu livre no meio dos zagueiros, mas mandou para fora.

O jogo pareceu que mudaria de cara no segundo tempo com um começo agitado, com o Sport atacando e obrigando Wilson a sair nos pés de Ricardinho após cruzamento rasteiro de Marquinhos.

Jorginho tentou colocar o Coritiba para frente, ajeitando o sistema tático e adiantando Matheus Galdezani. O time da casa ganhou volume de jogo, mas não conseguiu transformar esse domínio em chances de gol.

A oportunidade mais clara do segundo tempo esteve nos pés do Sport, mais precisamente de Élton. Em contra-ataque, o centroavante recebeu de Barcia e ficou de frente para o gol. Ele demorou para finalizar, tentou uma cavadinha e Wilson afastou o perigo. No rebote, ela acabou com Barcia. Em cima da linha, Sabino apareceu para travar e evitar o gol.

O jogo caminhava para um empate, mas em uma falha da defesa do Sport, o Coritiba marcou. Maílson chegou atrasado para cortar passe longo para Robson e cometeu pênalti. Sabino foi para a cobrança aos 49 minutos e marcou.

O Coritiba volta a campo para encarar o Botafogo, na quarta-feira, às 20 horas, no estádio Engenhão, no Rio. Na quinta-feira, o Sport encara o Grêmio, às 19 horas, em Porto Alegre.


FICHA TÉCNICA

CORITIBA 1 X 0 SPORT

CORITIBA - Wilson; Patrick Vieira (Jonathan), Rhodolfo (Rodolfo Filemon), Sabino e William Matheus; Matheus Galdezani (Giovanni Augusto), Matheus Sales e Luiz Henrique (Matheus Bueno); Robson, Sassá e Neílton (Igor Jesus). Técnico: Jorginho Campos.

SPORT - Maílson; Patric, Iago Maidana, Chico e Sander (Luciano Juba); Ricardinho, Ronaldo Henrique (Marcão) e Betinho; Jonatan Gómez (Lucas Mugni); Élton (Hernane) e Marquinhos (Leandro Barcía). Técnico: Jair Ventura.

ÁRBITRO - Rafael Claus (SP)

CARTÕES AMARELOS - Rodolfo Filemon (Coritiba); Iago Maidana, Betinho, Hernane e Maílson.

RENDA E PÚBLICO - Jogo disputado com portões fechados.

LOCAL - Estádio Couto Pereira, em Curitiba (PR).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.