Com gol no fim e Rafael inspirado, Napoli vence estreia no Italiano

Goleiro convocado por Dunga para a seleção brasileira foi um dos destaques da equipe de Nápoles durante partida contra o Genoa

Estadão Conteúdo

31 de agosto de 2014 | 19h29

Criticado por sua atuação diante do Athletic Bilbao, no jogo de volta dos playoffs para a fase de grupos da Liga dos Campeões, o goleiro Rafael foi decisivo para que o Napoli estreasse com vitória no Campeonato Italiano, neste domingo. Com uma sequência de grandes defesas, ele ajudou o time a vencer o Genoa por 2 a 1, fora de casa, e abrir a competição com três pontos.

Convocado por Dunga para atuar pela seleção brasileira nos amistosos contra Equador e Colômbia, respectivamente nos próximos dias 5 e 9, nos Estados Unidos, o ex-goleiro do Santos agora irá se apresentar ao comandante do time nacional. Antes disso, ele viu o Napoli abrir o placar logo aos 3 minutos do primeiro tempo, com um gol de Callejón neste domingo.

Depois disso, o goleiro brasileiro mostrou muito reflexo para defender finalizações à queima-roupa, mas acabou não conseguindo evitar o empate aos 40 minutos, quando o chileno Pinilla deu bela cabeçada para deixar tudo igual.

Na etapa final, o Napoli pressionou muito, mas sofria para fazer o segundo gol, o que só foi acontecer nos acréscimos, aos 50 minutos, quando o holandês De Guzmán, contratado junto ao Swansea, da Inglaterra, definiu o confronto.

Outro time que estreou com vitória nesta primeira rodada do Campeonato Italiano foi a Udinese, que superou o Empoli por 2 a 0, em casa, com dois gols de Di Natale. O mesmo ocorreu com o Cesena, que superou o Parma por 1 a 0, também em casa, com um gol de Alejandro Rodriguez.

Em outros jogos encerrados há pouco nesta primeira rodada, aconteceram os seguintes resultados: Palermo 1 x 1 Sampdoria, Sassuolo 1 x 1 Cagliari e Torino 0 x 0 Inter de Milão. Nesta última partida, Larrondo perdeu um pênalti para a equipe de Turim no início da partida, enquanto Vidic foi expulso pela equipe visitante no fim do confronto.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.