Roslan Rahman / AP
Roslan Rahman / AP

Com gol no fim, PSG bate o Atlético de Madrid em partida amistosa em Cingapura

Equipe francesa estreia na temporada oficial no próximo sábado; espanhóis jogam Supercopa da Europa em 15 de agosto

Estadão Conteúdo

30 de julho de 2018 | 11h24

Depois de duas derrotas - para Bayern de Munique e Arsenal -, o Paris Saint-Germain encerrou nesta segunda-feira a sua pré-temporada com uma vitória. Ainda sem contar com os jogadores do elenco que disputaram a Copa do Mundo da Rússia - casos, por exemplo, dos brasileiros Neymar e Thiago Silva, do uruguaio Cavani e do francês Mbappé -, o time francês derrotou o Atlético de Madrid por 3 a 2, no estádio Nacional de Cingapura, na Cidade de Cingapura, em jogo válido pela International Champions Cup - um torneio amistoso que reúne os grandes clubes da Europa.

+ Em Cingapura, Thiago Silva se reapresenta ao PSG: 'Simbora de volta ao trabalho'

+ Em comercial, Neymar faz desabafo e admite exageros na Copa do Mundo

+ Análise: Com desabafo em comercial, Neymar faz gol contra sua própria carreira

A partida desta segunda-feira fechou um triangular realizado em Cingapura. Na última quinta-feira, o Atlético de Madrid enfrentou o Arsenal e ficou no empate por 1 a 1 - na disputa por pênaltis, o time espanhol ganhou por 3 a 1. Dois dias depois, foi a vez da equipe inglesa encarar o Paris Saint-Germain e a reabilitação veio com uma goleada por 5 a 1.

Para o Paris Saint-Germain, a temporada começa de forma oficial neste sábado. Ainda na Ásia, em Shenzen, na China, enfrenta o Monaco, pela Supercopa da França. A estreia no Campeonato Francês está marcada para o domingo seguinte diante o Caen, no estádio Parque dos Príncipes, em Paris.

Já o Atlético de Madrid, que volta à Europa, ainda jogará três amistosos antes do início oficial da temporada: contra Stuttgart (na Alemanha), Cagliari (na Itália) e Internazionale (em Madri). No dia 15 de agosto, como o atual campeão da Liga Europa, enfrentará o Real Madrid, em Tallin, na Estônia, pela decisão da Supercopa da Europa.

Em campo, um time alternativo também foi a fórmula usada pelo técnico argentino Diego Simeone para escalar o Atlético de Madrid, ainda desfalcado de suas estreias como o atacante francês Griezmann e o zagueiro uruguaio Diego Godín. Assim, um típico duelo de pré-temporada foi realizado com muito desentrosamento das equipes - muitos passes errados e poucos chutes certeiros a gol.

Pelo lado francês, os gols foram marcados por Nkunku, Diaby e Postolachi, sendo que este, o terceiro, saiu aos 48 minutos do segundo tempo em um chute preciso da entrada da área. Para o Atlético de Madrid marcaram Berdene (contra) e Mollejo, um jogador de apenas 17 anos que pode ser aproveitado por Diego Simeone na temporada.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.