Com gol no final, Internacional bate Emelec na estreia

O Internacional venceu o Emelec, de virada, por 2 a 1, nesta terça-feira, no estádio Beira-Rio, em Porto Alegre. O resultado deixou o time brasileiro em segundo lugar no Grupo 5 da Copa Libertadores da América, com três pontos e saldo de um gol. O líder é o Cerro, do Uruguai, também com três pontos, mas com saldo de dois gols. Emelec e Deportivo Quito, ambos do Equador, ainda não ganharam pontos.

ELDER OGLIARI, Agencia Estado

24 de fevereiro de 2010 | 00h09

A marcação superou a criatividade durante todo o primeiro tempo, quando o Internacional só concluiu uma vez, numa bola que Bolívar cabeceou para fora, sem grande perigo. Os equatorianos anularam as principais jogadas dos brasileiros controlando os movimentos do ala esquerdo Kleber e do meia Giuliano. Conseguiram, com isso, evitar que o atacante Alecsandro, isolado, recebesse bolas na área.

O jogo ficou mais veloz na segunda etapa. O Emelec abriu o placar aos três minutos, num lance coletivo. Rojas puxou um contra-ataque, conduziu a bola e, num passe perfeito, deixou Quiróz livre para marcar.

Os quase 40 mil colorados que estavam no Beira-Rio reagiram com cantos de incentivo ao time, que acelerou o ritmo. Aos sete minutos, em jogada individual, Nei acertou um chute cruzado, no ângulo direito de Elizaga, e empatou a partida.

O Internacional chegou ao gol da vitória depois de muita insistência.

Aos 42 minutos, numa das poucas trocas de passes que a defesa equatoriana não conseguiu interromper, Walter ajeitou a bola para Alecsandro virar o placar. Foi a primeira vez em oito participações que o clube gaúcho estreou com vitória na Libertadores.

VÉLEZ GANHA - Com um gol do atacante Hernán López, aos oito minutos do segundo tempo, o Vélez Sarsfield derrotou o Deportivo Itália por 1 a 0, nesta terça, em Caracas, na Venezuela, e segue com 100% de aproveitamento na Libertadores.

Agora com seis pontos, a equipe da Argentina está na liderança do Grupo 7, que ainda tem Cruzeiro e Colo Colo, do Chile, que se enfrentam nesta quarta, em Belo Horizonte. O time chileno está com três pontos e o brasileiro, nenhum. Os venezuelanos também não pontuaram até agora.

Ficha técnica

Internacional 2 x 1 Emelec-EQU

Internacional - Abbondanzieri; Bolívar, Sorondo e Danilo Silva; Nei (Taison), Sandro, Giuliano (Andrezinho), Guiñazu e Kleber; Edu (Walter) e Alecsandro. Técnico: Jorge Fossati.

Emelec-EQU - Elizaga; Gabriel Achilier, Fleitas e Mariano Mina; Pablo Pérez, Pedro Quiñónez, Morante (José Quiñónez), Valencia (Biglieri) e Quiróz; Rojas e Ayovi (Peirone). Técnico: Jorge Sampaoli.

Gols - Quiróz, aos 3, Nei, aos 7, e Alecsandro, aos 42 minutos do segundo tempo.

Cartões amarelos - Bolívar, Sorondo e Walter (Internacional); Morante, Mariano Mina e Pablo Pérez (Emelec-EQU).

Árbitro - Diego Abal (Fifa-Argentina).

Renda - R$ 821.700,00.

Público - 35.831 pagantes (39.304 no total).

Local - Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.