Washington Alves/Vipcomm
Washington Alves/Vipcomm

Com gol no último minuto, Cruzeiro empata com Atlético-MG: 2 a 2

Clássico foi marcado por protestos da torcida, expulsões e dois gols já no fim do 2.° tempo

ALINE RESKALLA - Agência Estado,

26 de agosto de 2012 | 21h00

BELO HORIZONTE - Num jogo tenso e tumultuado no qual Montillo e Ronaldinho Gaúcho fizeram a diferença para suas equipes,

Pouco depois, Pierre, que já tinha amarelo, foi expulso após dar um pontapé no tornozelo de Montillo. Com nove em campo, mas com Ronaldinho Gaúcho, o Atlético conseguiu virar numa jogada brilhante do craque. O craque arrancou do meio-campo, driblou três cruzeirenses e marcou um golaço, mostrando ótima forma física. Mas se o Atlético tem Ronaldinho, o Cruzeiro tem Montillo, que deu um passe perfeito para Mateus empatar, no finzinho do jogo, para alegria da torcida cruzeirense.

Jogadores do Atlético reclamaram dos erros da arbitragem. "Um erro do árbitro nos custa dois pontos. É muito complicado", disse Ronaldinho Gaúcho, sobre o lance do empate cruzeirense, que teria nascido de uma falta do Cruzeiro. Montillo evitou polemizar. "A gente não pode bobear. Se a gente jogar todo jogo como este, estaríamos mais altos na tabela", disse.

Na próxima rodada, o Cruzeiro enfrenta o Atlético Goianiense, no Serra Dourada, na quarta-feira. O Atlético-MG recebe a Ponte Preta no Independência, em Belo Horizonte.

CRUZEIRO 2 x 2 ATLÉTICO-MG

CRUZEIRO - Fábio; Léo, Mateus, Thiago Carvalho e Everton (Marcelo Oliveira); Leandro Guerreiro, Lucas Silva (Anselmo Ramon), Tinga e Montillo; Fabinho (Wallyson) e Borges. Técnico - Celso Roth.

ATLÉTICO-MG - Victor; Marcos Rocha (Rafael Marques), Réver, Leonardo Silva e Júnior César; Pierre, Leandro Donizete, Danilinho (Guilherme) e Ronaldinho (Serginho); Bernard e Jô. Técnico - Cuca.

GOLS - Wallyson, aos 16, e Leonardo Silva, aos 47 minutos do primeiro tempo; Ronaldinho Gaúcho, aos 44, e Mateus, aos 56 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Nielson Nogueira Dias (PE).

CARTÕES AMARELOS - Lucas, Borges, Leandro Guerreiro, Montillo, Mateus, Bernard e Marcos Rocha.

CARTÕES VERMELHOS - Leandro Guerreiro e Bernard.

RENDA - R$ 482.270,00

PÚBLICO - 17.901 pagantes

LOCAL - Estádio Independência, em Belo Horizonte.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.