Com golaço, Rosario sai na frente do Atlético Nacional na Libertadores

Apontado como forte candidato ao título da Copa Libertadores, o Rosario Central está a um empate de se classificar à semifinal do torneio. Nesta quinta-feira, jogando em casa, em Rosário, o time argentino conseguiu uma vitória magra sobre o Atlético Nacional, da Colômbia, por 1 a 0.

Estadão Conteúdo

12 de maio de 2016 | 23h44

O único gol do jogo foi marcado por Montoya, aos 5 minutos de partida, e foi um golaço. A zaga colombiana saiu jogando mal, ele recuperou pela meia direita e soltou um sem pulo, de muito longe. A bola subiu e caiu no tempo certo para encobrir o goleiro e morrer no ângulo, no fundo do gol.

Os colombianos, entretanto, poderiam ter empatado ainda no primeiro tempo, não fosse um erro do árbitro brasileiro Sandro Meira Ricci, que deixou de dar pênalti de Álvarez em Copete aos 43 minutos.

Na segunda etapa, foi o Rosario que quase ampliou, parando três vezes em sequência no goleiro Armani. O ex-corintiano Herrera ainda mandou uma bola na trave, deixando a impressão que o time argentino poderia ter vencido por placar mais elástico.

Com o 1 a 0, o Rosario joga por um empate na partida de volta, quinta-feira que vem, em Medellín. Se perder por um gol de saldo, desde que indo às redes pelo menos duas vezes, também avança. O Atlético precisa vencer por dois de saldo, ou mais.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.