Franck Fife/AFP
Franck Fife/AFP

Com golaço de Dembélé, França bate fácil a Itália e ganha moral para a Copa

Franceses convencem a torcida em vitória por 3 a 1 sobre italianos, em Nice

Estadão Conteúdo

01 Junho 2018 | 18h02

A seleção francesa recebeu a Itália nesta sexta-feira, em Nice, e venceu com extrema facilidade. O placar de 3 a 1, em mais um amistoso preparatório para a Copa do Mundo, não representa o tamanho da superioridade exercida pelos donos da casa, que contaram com um golaço de Dembélé para levar a melhor.

+ TEMPO REAL - França 3 x 1 Itália

+ Lesionados, Renato Augusto e Douglas Costa desfalcam o Brasil em amistoso

Apontada como uma das seleções mais talentosas da Copa, mas também criticada pela falta de um conjunto, a França teve uma atuação quase impecável nesta sexta. Com muita velocidade pelos lados do campo, sufocou o adversário no campo de defesa e poderia até ter marcado mais gols.

O início de jogo francês já foi fulminante, e os anfitriões demoraram apenas sete minutos para abrir o placar. Pavard cruzou da direita, Mbappé finalizou à queima-roupa e Sirigu fez grande defesa. Mas Umtiti aproveitou a sobra para marcar. Aos 19, Kanté arriscou de fora da área, firme, e acertou a trave direita do goleiro.

A pressão francesa seguiu com as chances de Mbappé, aos 20 e aos 25 minutos, mas o jovem atacante errou a finalização em ambas. Aos 27, porém, Lucas Hernández invadiu a área pela esquerda, foi levemente tocado por Mandragora e desabou. O árbitro marcou pênalti, o auxiliar de vídeo confirmou e Griezmann cobrou para ampliar.

Sete minutos depois, nova polêmica com a arbitragem. Balotelli cortou a marcação e armou o chute, quando foi tocado dentro da área. O juiz marcou falta e o auxiliar de vídeo não corrigiu. Mas na cobrança do mesmo Balotelli, Lloris falhou feio e soltou no pé de Bonucci, que diminuiu.

Nem o gol italiano mudou a postura francesa para o segundo tempo. Com apenas um minuto, Dembélé arrancou do próprio campo, ganhou na velocidade de Jorginho, deixou o brasileiro e Chiesa para trás com um lindo corte e finalizou firme, no travessão. Tolisso, pouco depois, também desperdiçou boa chance.

Mas o segundo tempo era mesmo de Dembélé, que selaria o placar com um golaço aos 17 minutos. Mbappé arrancou pelo meio e foi desarmado, mas o atacante do Barcelona aproveitou a sobra e bateu de primeira por cobertura, cruzado, sem dar chances para o goleiro.

A Itália, então, se lançou para o ataque na tentativa de diminuir o prejuízo e viu Cristante perder boa chance, aos 24. Mas o último grande momento foi da França. Aos 39, Mendy foi lançado pela esquerda e cruzou no pé de Thauvin, que bateu com estilo. Sirigu fez grande defesa e impediu a goleada.

Antes de embarcar para a Rússia, a França encara os Estados Unidos em amistoso no dia 9 de junho, em Lyon. A equipe está no Grupo C da Copa, ao lado de Peru, Dinamarca e Austrália, adversária da estreia dia 16, em Kazan. Fora do Mundial, a Itália faz amistoso com a Holanda na próxima segunda-feira, em Turim.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.