Com golaço, Sevilla derrota Leganés e assume a liderança provisória do Espanhol

Time de Sampaoli e Ganso está dois pontos à frente da dupla de Madri

Estadão Conteúdo

15 Outubro 2016 | 10h27

Com um golaço aos 40 minutos do segundo tempo, o Sevilla confirmou o favoritismo sobre o Leganés, fora de casa, e assumiu provisoriamente a liderança do Campeonato Espanhol, neste sábado. Os visitantes, liderados pelo técnico Jorge Sampaoli, venceram por 3 a 2 e desbancaram Atlético de Madrid e Real Madrid na tabela.

O Sevilla chegou aos 17 pontos e agora tem dois a mais que as duas equipes de Madri, que ainda entrarão em campo neste sábado. O Atlético, que liderava, vai receber o Granada. E o Real visitará o Betis. Correndo por fora, o Barcelona encara o La Coruña, no Camp Nou, neste mesmo dia.

Mesmo jogando fora de casa, o Sevilla parecia encaminhar uma vitória tranquila neste sábado, quando abriu 2 a 0 no placar. Franco Vazquez marcara aos 25 minutos de jogo e Samir Nasri ampliara aos 13 da segunda etapa. Parecia uma vitória segura.

Até que o Leganés resolveu reagir. E empatou ao marcar duas vezes em apenas três minutos, com David Timor Copovi, aos 23, e Alexander Szymanowski, aos 26. Preocupado, Sampaoli recorreu ao meia Paulo Henrique Ganso, que entrou em campo aos 35.

Mas foi outro jogador que começou no banco de reservas que decidiu a partida. Pablo Sarabia, que entrara no segundo tempo, acertou lindo chute da direita e mandou no ângulo, aos 40 minutos, sacramentando a vitória dos visitantes.

Com o revés, o Leganés, dos brasileiros Gabriel e Luciano (ex-Corinthians), estacionou nos 10 pontos, na parte intermediária da tabela do Espanhol.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.