John Sibley/Reuters
John Sibley/Reuters

Com gols brasileiros, Manchester City goleia West Ham e persegue recordes

Jogado fora de casa, o campeão por antecipação marcou 4 a 1, com gols de Gabriel Jesus e Fernandinho

Estadão Conteúdo

29 de abril de 2018 | 12h42

Com o troféu já na bagagem, o Manchester City agora buscar recordes no Campeonato Inglês. E, neste domingo, deu mais um passo para alcançar marcar importantes na competição. Jogando fora de casa, contou com boa atuação dos brasileiros do time e até com gols "feios" para golear o West Ham por 4 a 1 - Gabriel Jesus e Fernandinho deixaram suas marcas.

+ Confira a tabela do Campeonato Inglês

O resultado levou o time do técnico Josep Guardiola aos 93 pontos, perto de superar os 95 do recordista Chelsea, então comandado por José Mourinho, na temporada 2004/2005. Faltam duas rodadas para o fim do Inglês. Até lá, poderá também impor o novo recorde de gols marcados em apenas uma edição do campeonato. O time tem agora 102 e a marca vigente é de 103.

Nesta busca, o City contou com a ajuda do rival e também do acaso. O primeiro gol, marcado aos 13 minutos de jogo, saiu em finalização de Leroy Sane desviada pela zaga. O segundo gol veio após uma série de trapalhadas da defesa, a começar pelo goleiro Adrian, culminando em gol contra de Zabaleta após quase bater cabeça literalmente com Declan Rice.

Antes do intervalo, Aaron Cresswell descontou para o West Ham, aos 42 minutos. Mas o time da casa não esboçou reação. E os brasileiros trataram de garantir o triunfo dos visitantes. Aos 8, Gabriel Jesus tabelou com Sterling, um dos melhores em campo, e completou para a redes. No fim do lance, o brasileiro se chocou com o goleiro Adrian, mas não se machucou.

O quarto gol veio em jogada semelhante, mas com Fernandinho em jogada com Sterling. O brasileiro roubou a bola na intermediária e tabelou com o inglês antes de finalizar para as redes, selando a goleada.

Com o resultado, o West Ham segue com chances de ser rebaixado. O time tem 35 pontos e ocupa o 15º posto, apenas três pontos acima da zona da degola.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.