Washington Alves/Light Press/Cruzeiro
Washington Alves/Light Press/Cruzeiro

Com gols de Ábila, Cruzeiro vence o Tricordiano pelo Mineiro

Atacante marca gol em posição irregular, mas garante Raposa com 100% de aproveitamento

Estadão Conteudo

05 Fevereiro 2017 | 19h50

Mesmo sem contar com a sua força máxima, o Cruzeiro conquistou o seu terceiro triunfo na temporada e o segundo no Campeonato Mineiro ao derrotar neste domingo o Tricordiano por 2 a 1, no Mineirão, com os gols sendo marcados pelo atacante argetino Ábila.

O Cruzeiro havia começado a temporada com duas vitórias, sobre Villa Nova, pelo Campeonato Mineiro, e Atlético-MG, pela Primeira Liga, mas a decisão do técnico Mano Menezes de poupar vários titulares neste domingo quase acabou freando o bom começo de temporada do time, não fosse o faro de artilheiro de Ábila.

Ainda que o começo do primeiro tempo do duelo tenha sido disputado em ritmo lento, com o Cruzeiro até permitindo que o Tricordiano criasse algumas chances de gol, o time da casa conseguiu dominar as ações e abriu o placar aos 19 minutos.

Rafinha, o principal destaque do time no primeiro tempo, foi lançado, conseguiu evitar que a bola saísse pela linha de fundo e cruzou da esquerda para Ábila desviar às redes. Para piorar a situação do Tricordiano, o time perdeu Dinélson, ex-Corinthians, lesionado ainda na etapa inicial e foi para o intervalo reclamando de um pênalti não marcado em Gilberto Carrara.

Na etapa final, os times fizeram um jogo franco e em ritmo acelerado. E isso acabou rendendo um gol ao Tricordiano. Aos 28 minutos, Lucas Vieira acionou Carrara no meio da defesa. Com um leve toque, finalizou para as redes, empatando o duelo no Mineirão.

O Cruzeiro, porém, conseguiu reagir. Aos 41 minutos, Bryan finalizou de fora da área, mas Ábila pegou a bola no meio do caminho e com um biquinho, encobriu o goleiro Marcão, assegurando mais uma vitória. O atacante argentino estava impedido na jogada, o que não foi observado pela arbitragem, que validou o gol.

O resultado levou o Cruzeiro aos seis pontos, com 100% de aproveitamento, e atrás nos critérios de desempate de Atlético e Uberlândia. Já o Tricordiano ainda não pontuou e ocupa o décimo lugar. O próximo compromisso do Cruzeiro será pela Primeira Liga, na quinta-feira, diante da Chapecoense, no Mineirão.

Mais conteúdo sobre:
Cruzeirofutebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.