Matthew Childs / Reuters
Matthew Childs / Reuters

Com gols de Aubameyang, Arsenal vence City e vai à final da Copa da Inglaterra

Agora, equipe espera pelo jogo entre Chelsea e Manchester United neste domingo para conhecer adversário

Redação, Estadão Conteúdo

18 de julho de 2020 | 18h47

O maior vencedor da Copa da Inglaterra terá nesta temporada a chance de conquistar o título da tradicional competição pela 14ª vez. Neste sábado, o Arsenal assegurou presença na decisão do torneio ao derrotar o Manchester City por 2 a 0, em partida disputada no estádio de Wembley, pelas semifinais. Aubameyang foi o destaque do duelo ao marcar um gol em cada tempo.

O adversário do Arsenal na decisão sairá da partida entre Chelsea e Manchester United, a ser realizada neste domingo, também em Wembley, o local da decisão, agendada para 1º de agosto.

O Arsenal começou a definir a sua vitória aos 17 minutos da etapa inicial. Foi quando, após uma longa troca de passes, Pepe cruzou de esquerda na direção da segunda trave, onde Aumbameyang apareceu livre de marcação e desviou de carrinho, fora do alcance de Éderson. O gol colocou o time em vantagem na primeira metade do jogo, também marcada pelo controle do poderio ofensivo do Manchester City pela equipe londrina.

E o outro gol do gabonês veio aos 26 minutos do segundo tempo. Ele recebeu lançamento de Tierney nas costas da defesa, disparou livre até a área e chutou entre as pernas do goleiro brasileiro. Definiu, com isso, o triunfo sobre o City, que só acertou a meta adversária uma vez em todo o duelo.

Aubameyang chegou, assim, aos 25 gols em 41 jogos disputados nesta temporada pelo Arsenal, sendo que desde 2017, quando foi contratado pelo clube londrino, acumula 66 gols em 106 partidas. O atacante foi destaque mas não o único do time, que viu David Luiz liderar o sistema defensivo logo diante de um adversário contra quem teve atuação desastrosa há cerca de um mês, com expulsão e falhas, em derrota por 3 a 0, pelo Campeonato Inglês. Agora se redimiu e disputará a decisão da Copa da Inglaterra.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.