Reprodução Instagram/Bragantino
Reprodução Instagram/Bragantino

Com gols no fim, Bragantino vence Figueirense e lidera a Série B

Ytalo e Claudinho marcaram os gols aos 40 e 48, respectivamente, do segundo tempo

Redação, Estadão Conteúdo

21 de maio de 2019 | 23h50

O Bragantino assumiu a liderança provisória da Série B do Campeonato Brasileiro ao derrotar o Figueirense pelo placar de 2 a 0, em partida realizada na noite desta terça-feira, no Estádio Abi Nabi Chedid, pela quinta rodada. Ytalo e Claudinho marcaram para o time paulista nos minutos finais do duelo.

Com o resultado, o Bragantino pulou para a primeira posição, com dez pontos, mas ainda pode ser ultrapassado na rodada. Já o Figueirense, que conheceu a sua primeira derrota, ficou em décimo, com seis.

Apesar dos times terem ido para o intervalo com 0 a 0 no placar, fizeram uma partida movimentada, com boas chances de gol. O Figueirense foi o primeiro a chegar com perigo. Fellipe Mateus arriscou de fora da área, a bola acabou desviando na defesa e saiu rente à trave de Júlio César.

A resposta do Bragantino também foi em um chute de fora da área. No chute de Claudinho, Denis fez a defesa. O goleiro voltou a brilhar logo na sequência ao fazer um milagre na cabeçada de Aderlan, após belo cruzamento de Edimar.

O Bragantino começou a dominar o jogo e jogou o Figueirense para o seu campo defesa. Aos 45 minutos, Edimar mandou, novamente, de fora da área. A bola desviou e sobrou limpa para Thiago Ribeiro. O ex-atacante do Santos mandou pela linha de fundo.

O time paulista voltou para o segundo tempo com a mesma pegada e precisou de dois minutos para criar mais uma situação de perigo. Aderlan cruzou na segunda trave para Claudinho. O atacante chutou por cima do gol. Depois foi a vez de Léo Ortiz cabecear com perigo ao gol de Denis.

O Figueirense foi equilibrando as ações e por muito pouco não abriu o placar aos 30 minutos. João Diogo recebeu dentro da área e tocou na saída de Júlio César. Antes da bola entrar, Léo Ortiz acabou salvando o Bragantino ao tirar em cima da linha.

Mas foi só. Não demorou para o Bragantino pressionar e, com mais de 75% de bola, sufocar o Figueirense. Na cabeçada de Luis Phelipe, Denis fez outro milagre. O time paulista não desistiu e enfim marcou. Aos 40, Ytalo subiu sozinho e jogou no contrapé do goleiro da equipe catarinense.

O Bragantino se animou e foi com tudo para cima a fim de definir o jogo e conseguiu. Em bela jogada de contra-ataque, Thiago Ribeiro disparou em velocidade e cruzou. Denis fez a defesa, mas deu rebote para Claudinho. O atacante deu números finais ao duelo.

Na próxima rodada, o Criciúma visita o Botafogo-SP no sábado, às 16h30, no Estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto (SP). No mesmo dia e horário, o Bragantino visita o Vitória no Barradão, em Salvador (BA).

FICHA TÉCNICA:

BRAGANTINO 2 x 0 FIGUEIRENSE

BRAGANTINO - Júlio César; Aderlan (Luis Phelipe), Léo Ortiz, Ligger e Edimar; Barreto, Uillian Correia (Pio) e Ytalo; Thiago Ribeiro, Claudinho e Wesley (Matheus Peixoto). Técnico: Antônio Carlos Zago.

FIGUEIRENSE - Denis; Pereira, Alemão, Ruan Renato e Júlio Rusch (Matheus Lucas); Zé Antônio, Mateuzinho (Alípio) e Tony; Rafael Marques (Betinho) e João Diogo. Técnico: Hemerson Maria.

GOLS - Ytalo, aos 40, e Claudinho, aos 48 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Ligger, Léo Ortiz, Edimar e Ytalo (Bragantino); Alemão, Betinho, Alípio e Zé Antônio (Figueirense).

ÁRBITRO - Antonio Dib Moraes de Sousa (PI).

RENDA - R$ 40.530,00.

PÚBLICO - 4.887 pagantes.

LOCAL - Estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista (SP).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.