Murad Sezer/Reuters
Murad Sezer/Reuters

Com Guilherme e cheia de jovens, Rússia define lista para Copa das Confederações

Mário Fernandes, brasileiro que também havia se naturalizado, não foi chamado devido à lesão

Estadão Conteúdo

08 de junho de 2017 | 11h58

Afetada por várias lesões, mas também em uma tentativa de renovar o seu grupo de jogadores, a seleção da Rússia apostou em um grupo inexperiente ao divulgar a sua lista final de convocados para a Copa das Confederações. O time contará com o goleiro brasileiro Guilherme, mas Mário Fernandes já havia sido descartado por causa de uma lesão.

Apenas nove dos 23 jogadores convocados pelo técnico Stanislav Cherchesov participaram da Eurocopa em 2016. Além disso, 14 jogadores chamados pelo treinador disputaram dez ou menos partidas pela seleção da Rússia.

Entre as apostas, estão os defensores Georgy Dzhikiya e Ilya Kutepov, que ajudaram o Spartak Moscou a conquistar o título russo nesta temporada e chegam para tentar o espaço deixado pelos veteranos Vasily Berezutsky e Sergei Ignashevich, que se aposentaram da seleção nacional.

Na véspera do amistoso contra o Chile, que também vai participar da Copa das Confederações, Cherchesov adiantou que ainda não possui um time-base definido. "Nós não temos jogadores-chave para esse torneio. Nós temos 20 jogadores e três goleiros", disse.

A Rússia havia convocado 30 jogadores na sua lista prévia para a Copa das Confederações, mas perdeu cinco deles por lesão. São eles: os meio-campistas Alan Dzagoev e Roman Zobnin, o atacante Artyom Dzyuba, o lateral-direito brasileiro Mário Fernandes, que se naturalizou, e o goleiro Andrei Lunyov.

O volante alemão naturalizado Roman Neustadter, do Fenerbahçe, foi mantido na lista final da Rússia para a Copa das Confederações, deixando a Nova Zelândia como única equipe com jogadores apenas da sua liga nacional no torneio. E os neozelandeses serão os adversários dos russos na abertura do torneio em 17 de junho.

Confira a lista final de convocados da Rússia:

Goleiros: Igor Akinfeev (CSKA Moscou), Vladimir Gabulov (Arsenal Tula), Guilherme (Lokomotiv Moscou).

Defensores: Georgy Dzhikiya (Spartak Moscou), Ruslan Kambolov (Rubin Kazan), Fyodor Kudryashov (FC Rostov), Ilya Kutepov (Spartak Moscou), Roman Shishkin (FC Krasnodar), Igor Smolnikov (Zenit St. Petersburg), Viktor Vasin (CSKA Moscou).

Meio-campistas: Yuri Gazinsky (FC Krasnodar), Denis Glushakov (Spartak Moscou), Alexander Golovin (CSKA Moscou), Dmitry Kombarov (Spartak Moscou), Alexei Miranchuk (Lokomotiv Moscou), Alexander Samedov (Spartak Moscou), Dmitry Tarasov (Lokomotiv Moscou), Alexander Yerokhin (FC Rostov), Yuri Zhirkov (Zenit St. Petersburg).

Atacantes: Alexander Bukharov (FC Rostov), Maxim Kannunikov (Rubin Kazan), Dmitry Poloz (FC Rostov), Fyodor Smolov (FC Krasnodar).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.