Com homenagem do Flu, volante Fabinho se aposenta

Um dia antes de completar 34 anos, o volante Fabinho anunciou nesta sexta-feira a sua aposentadoria. E, na despedida da carreira de jogador, ele recebeu uma homenagem do Fluminense, clube onde jogou entre 2007 e 2009 - depois de sair das Laranjeiras, jogou um pouco na China e atualmente estava parado.

AE, Agência Estado

15 de outubro de 2010 | 16h19

"Precisamos saber o momento de parar. Sei que poderia ter condições de jogar, mas acho que o momento é mesmo de encerrar este momento tão maravilhoso na minha vida. Paro em uma hora boa, tendo o Flu como último clube e agora vou seguir meu caminho", disse Fabinho, que pretende continuar trabalhando com futebol.

Para homenageá-lo, o Fluminense lhe entregou uma camisa especial com o número 102, exatamente a quantidade de jogos que ele fez pelo clube. "O Fabinho honrou a camisa do Flu e fez o possível e o impossível com esta camisa. Me sinto honrado por ele ter escolhido o clube para este momento. Um jogador que atuou 102 vezes com a camisa tricolor merece muito respeito", afirmou o vice-presidente de futebol Alcides Antunes.

Campeão da Copa do Brasil de 2007 com o Fluminense, Fabinho passou por outros grandes clubes do futebol brasileiro, como Internacional, Santos e Flamengo.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolFluminenseFabinho

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.