Alberto Lingria/ Reuters
Alberto Lingria/ Reuters

Com infecção urinária, Dybala é cortado da seleção argentina para jogos das Eliminatórias

Neste domingo, atacante esteve em campo no empate, em 1 a 1, da Juventus com a Lazio

Redação, O Estado de S.Paulo

08 de novembro de 2020 | 19h30

Paulo Dybala, atacante da Juventus, foi cortado da seleção argentina, após o duelo de sua equipe pela 7.ª rodada do Campeonato Italiano. Assim, o jogador não estará em campo nos jogos contra o Paraguai, em casa, e contra o Peru, fora, pelas Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo de 2022, no Catar.

Neste domingo, a Juventus empatou, fora de casa, com a Lazio, por 1 a 1. Dybala começou a partida no banco de reservas e substituiu Cristiano Ronaldo, aos 31 minutos do segundo tempo. Foi após um erro do jogador argentino que se originou o gol de empate da Lazio, já nos acréscimos do jogo.

A informação sobre o corte foi dada por meio das redes sociais da seleção argentina, que entra em campo nos próximos dias pelas Eliminatórias da Copa do Mundo, enfrentando Paraguai e Peru.

De acordo com a publicação, Dybala tem "problemas geniturinários", obrigando ao jogador repouso esportivo e novas avaliações sobre seu estado de saúde. Jogador do Ajax, Lisandro Martínez foi convocado pelo técnico Lionel Scaloni para suprir as baixas na seleção argentina.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.