Com inflamação no joelho, Ronaldinho é dúvida do Fla para final

Exame de ressonância magnética apontou que meia não precisará fazer cirurgia

AE, Agência Estado

25 de abril de 2011 | 14h39

RIO - O meia-atacante Ronaldinho Gaúcho não precisará passar por cirurgia no joelho esquerdo, mas mesmo assim é dúvida para a final da Taça Rio - o segundo turno do Campeonato Carioca -, domingo, contra o Vasco. Nesta segunda-feira, o astro flamenguista fez ressonância magnética no joelho esquerdo, que apontou não existir necessidade de operação. Assim, Ronaldinho realizará fisioterapia nos próximos dias para definir sua participação no clássico do fim de semana.

"O Ronaldinho fez uma ressonância magnética no joelho esquerdo. O exame demonstrou um processo inflamatório. Ele tem um edema no osso, mas não há nenhuma indicação para cirurgia. O jogador ficará em tratamento, fazendo fisioterapia e vamos aguardar essa semana para saber se terá condição de jogar no próximo domingo", afirmou o médico José Luiz Runco.

De acordo com o médico, Ronaldinho tem apenas um processo inflamatório no joelho, que o deixará fora do jogo contra o Horizonte, quarta-feira, no Ceará, pelas oitavas de final da Copa do Brasil. Por conta das fortes dores no local, o meia-atacante ficou fora do clássico contra o Fluminense, domingo, no Engenhão, vencido pelo Flamengo na disputa de pênaltis, que classificou a equipe para a decisão da Taça Rio.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.