Alexandre Lops/Divulgação
Alexandre Lops/Divulgação

Com início de mata-mata, Abel Braga decreta fim dos testes no Gauchão

Durante a fase de classificação do torneio, o Internacional utilizou o time B em vários momentos

Agência Estado

17 de março de 2014 | 09h13

PORTO ALEGRE - Já classificado para as quartas de final do Campeonato Gaúcho há algumas rodadas, o Inter só cumpriu tabela contra o Lajeadense, domingo, em Lajeado (RS). Abel Braga aproveitou para poupar todo o time titular, numa recompensa pela vitória por 6 a 1 sobre o Remo, no meio da semana, resultado que eliminou a volta na primeira fase da Copa do Brasil. Os reservas, porém, deram conta do recado e venceram por 1 a 0.

A partir de agora, porém, o Campeonato Gaúcho passa a ser um torneio perigoso. Se na fase de classificação o Inter pôde usar seu time B em algumas rodadas e os reservas em outras e mesmo assim liderou com tranquilidade, nos mata-matas não há espaço para erros. Assim, Abel Braga garante que só utilizará titulares.

"Agora vai ser sempre a primeira equipe. Não tem mais perdão. Claro que se houver problema físico, daí não tem como. O importante é trabalhar com a mesma seriedade", comentou o treinador.

Nas quartas, o rival do Inter será o Cruzeiro, em jogo que provavelmente acontecerá no Beira-Rio - o mando é colorado. "É um jogo que você não pode jogar mal. Toda equipe tem um dia que joga mal. Espero que não seja nosso dia", destacou Abel, que ainda comemorou a semana livre de jogos para preparar o time.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolInterCampeonato Gaúcho

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.