Com interino, Ponte Preta busca vitória contra o Vasco

"Não vai mudar nada". A frase do interino Zé Sérgio ilustra o pensamento da Ponte Preta de não se abalar com a perda do técnico Gilson Kleina, que esteve à frente do time campineiro nos últimos dois anos, para o Palmeiras. Para provar que essa frase terá efeito, nada melhor que uma vitória sobre o Vasco, neste domingo, às 16 horas, no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas, pela 26.ª rodada do Campeonato Brasileiro.

AE, Agência Estado

23 de setembro de 2012 | 08h13

Gilson Kleina foi o recordista de jogos consecutivos no comando da Ponte Preta nos últimos dez anos. Foram 115 jogos, com 48 vitórias, 32 empates e 35 derrotas, um acesso à elite depois de seis anos, uma semifinal de Campeonato Paulista e uma boa campanha no Brasileirão, com sete jogos de invencibilidade, na 11.ª posição, com 33 pontos, nove na frente do primeiro time dentro da zona de rebaixamento, o Sport.

Por isso, segundo o técnico interino, a presença da torcida será importante para que a Ponte Preta não sinta a saída do treinador. "Os jogadores estão órfãos e a torcida precisa acolher o time para conseguirmos a vitória. Os torcedores serão importante neste momento, se apoiarem vai ser difícil segurar este time", analisou Zé Sérgio, que ficará no banco de reservas enquanto Guto Ferreira, que está ainda no comando do Mogi Mirim na Série D, não é apresentado. Apostando na grande presença de público, a diretoria da Ponte Preta fez promoção de ingressos. O torcedor que for ao jogo com a camisa do clube pagará R$ 20,00.

Dentro do campo, porém, Zé Sérgio não deve fugir do que Gilson Kleina vinha escalando. Ele cogitou mudar a formação, mas fez mistério, principalmente, depois da possível perda de Cicinho para a partida, com dores no joelho. Caso o jogador não possa entrar em campo, ele desmantelará o esquema com três zagueiros, colocando Nikão no lugar de Diego Sacoman. "Se tiver algum problema de lesão, teremos que abandonar o esquema com três zagueiros. Vamos aguardar a situação do Cicinho para ver como vamos jogar. Essa é a dúvida", encerrou.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBrasileirãoPonte Preta

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.