Cesar Greco/Ag Palmeiras
Cesar Greco/Ag Palmeiras

Com jogadores reservas, Borja faz primeiro treinamento coletivo no Palmeiras

Apesar de boa movimentação, colombiano teve participação discreta

Ciro Campos, O Estado de S.Paulo

17 Fevereiro 2017 | 17h50

Contratação mais cara da história do Palmeiras, o atacante colombiano Miguel Borja fez nesta sexta-feira o primeiro treino coletivo junto com o elenco. O técnico Eduardo Baptista organizou uma atividade na Academia de Futebol, em São Paulo, em campo reduzido para quem não foi titular na partida da última quinta contra o São Bernardo e testou variações de companheiros de ataque para o reforço.

Após o trabalho de aquecimento, os jogadores foram divididos em dois times. Ao longo do trabalho, o treinador fez modificações nas duas equipes. Borja começou em uma equipe que tinha como companheiros no setor ofensivo Rafael Marques, Érik e Alecsandro. Depois, na segunda parte, Eduardo Baptista promoveu trocas. O colombiano ganhou a presença no time de Vitinho, Lucas Barrios e Keno.

Apesar de participar bastante do jogo, ao voltar para buscar a bola e ajudar na marcação, Borja teve participação discreta. O reforço de R$ 33 milhões, ex-Atlético Nacional, não fez gols. Quem marcou na atividade foi Michel Bastos, Lucas Barrios e Alecsandro, este último por duas vezes. Os titulares fizeram apenas trabalhos regenerativos de musculação e não foram ao gramado.

O colombiano só deve estrear pelo Palmeiras em março, pela Copa Libertadores, pois a inscrição para a primeira fase do Campeonato Paulista já está encerrada. Borja desembarcou no Brasil no último sábado e esteve na última quinta-feira no Allianz Parque, onde acompanhou a vitória do time por 2 a 0 sobre o São Bernardo, pelo Estadual.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.