Michaela Rehle / Reuters
Michaela Rehle / Reuters

Com lesão muscular, Müller desfalcará o Bayern de Munique por três semanas

Atacante não participará de jogos importantes por Copa da Alemanha e Campeonato Alemão

Estadão Conteúdo

23 Outubro 2017 | 09h58

O Bayern de Munique confirmou nesta segunda-feira que Thomas Müller ficará três semanas afastado dos gramados por causa de uma lesão na coxa direita. O atacante se machucou durante a vitória por 1 a 0 sobre o Hamburgo, no último sábado, fora de casa, pelo Campeonato Alemão.

Dortmund abre vantagem, mas vacila e só empata com o Frankfurt no Alemão

+ Veja como está a tabela do Campeonato Alemão!

O jogador se lesionou depois de ter entrado em campo apenas após o intervalo, quando substituiu o meia colombiano James Rodríguez. E ele amargou o problema muscular ao dar o passe que resultou no gol de Corentin Tolisso, aos sete minutos da etapa final.

Müller ainda tentou ficar em campo, mas precisou ser substituído pouco depois, aos dez minutos, quando deu lugar a Thiago Alcântara. Assim, o ídolo de 28 anos terá de amargar estas três semanas sem atuar, período que foi estimado depois de o atleta ter sido submetido a exames que indicaram a gravidade de sua lesão muscular.

Por causa da lesão, Müller desfalcará o Bayern em dois confrontos com o RB Leipzig, sendo um pela Copa da Alemanha e outro do Campeonato Alemão, assim como ficará fora de um duelo com o Celtic pela Liga dos Campeões da Europa e de uma partida chave diante do Borussia Dortmund, no dia 4 de novembro, pelo Alemão.

O time de Dortmund e a equipe de Munique dividem hoje a liderança da competição nacional, com 20 pontos cada, sendo que o time bávaro só está atrás do rival nos critérios de desempate. O próximo duelo do Bayern com o RB Leipzig nesta semana será na quinta-feira, fora de casa, pela Copa da Alemanha. Em seguida, no sábado, mas desta vez como mandante, o time voltará a encarar o adversário pelo Alemão.

Mais conteúdo sobre:
futebol Bayern de Munique Thomas Müller

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.