Cesar Greco/Ag. Palmeiras
Cesar Greco/Ag. Palmeiras

Com lesão na coxa, Gómez só deve voltar a atuar pelo Palmeiras em 2020

Paraguaio tem lesão muscular e terá o zagueiro Luan como possível substituto nos próximos jogos

Redação, O Estado de S. Paulo

25 de novembro de 2019 | 12h48

O Palmeiras terá um desfalque importante para os jogos restantes pelo Campeonato Brasileiro. O zagueiro Gustavo Gómez sofreu uma lesão muscular na coxa esquerda na derrota deste domingo para o Grêmio, por 2 a 1, no Allianz Parque, e deve ficar fora por duas semanas. Como restam somente quatro partidas e o calendário chega ao fim no dia 8, é provável que o defensor só possa voltar a atuar no ano que vem.

Gómez sentiu o problema muscular aos 25 minutos do segundo tempo da partida, quando cometeu um pênalti em Éverton. O jogador precisou ser substituído logo depois. O departamento médico do clube já iniciou o trabalho para recuperar o paraguaio, que é desfalque certo para a partida de quinta-feira, no Maracanã, contra o Fluminense, pela 35ª rodada.

Sem Gómez, o técnico Mano Menezes deve acionar Luan. O zagueiro chegou a formar a dupla titular com Vitor Hugo quando o defensor paraguaio esteve ausente do Palmeiras para disputar amistosos pela seleção. O elenco conta com outras opções para a posição Luan, Edu Dracena e Antônio Carlos. Em terceiro lugar na tabela, o Palmeiras tem como objetivo nas rodadas finais terminar na segunda posição. O time está empatado com o Santos em 68 pontos, mas perde no critério de desempate de número de vitórias. 

Após a derrota para o Grêmio, o elenco se reapresentou na manhã desta segunda-feira na Academia de Futebol. A novidade no trabalho foi a presença do volante Felipe Melo. Em recuperação de uma lesão na panturrilha esquerda, ele não atua desde o dia de 2 de novembro, mas participou do trabalho no gramado e deve voltar a atuar nos próximos dias.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.