Bruno Haddad/Cruzeiro
Bruno Haddad/Cruzeiro

Com lesão no joelho, Fred faz exames e vira preocupação no Cruzeiro

Clube irá esperar até segunda (26/03) para divulgar gravidade do problema

Estadão Conteúdo

25 de março de 2018 | 14h34

Após sofrer uma contusão no joelho direito e precisar ser substituído ainda no primeiro tempo da vitória do Cruzeiro sobre o Tupi, por 2 a 1, pela semifinal do Campeonato Mineiro, o atacante Fred passou por exames neste domingo para saber a gravidade do quadro.

+ Thiago Neves brilha, Cruzeiro volta a bater o Tupi e vai à decisão do Mineiro

+ Mano aprova 'susto' na semifinal e diz que Cruzeiro escapou de 'tragédia'

Os resultados, contudo, só devem ser confirmados na segunda-feira. O Cruzeiro até chegou a anunciar uma coletiva neste domingo com o seu diretor médico, Sérgio Campolina, mas logo voltou atrás e remarcou para o dia seguinte.

Existe a suspeita de que Fred tenha rompido o ligamento cruzado anterior do joelho direito. Se o quadro for confirmado, o atacante precisará de uma cirurgia e poderá até perder o restante da temporada.

Após o duelo, o técnico Mano Menezes lamentou a contusão de Fred. "São coisas do futebol. Temos que estar preparados para tudo. Não é à toa que valorizamos nossos elencos, porque sempre passamos por perdas", avaliou o treinador, sem dar mais detalhes sobre a lesão.

"Vamos esperar amanhã (segunda), que é sempre o caminho natural para se posicionar objetivamente sobre a lesão do Fred. Ele vai passar por exames, vamos esperar isso hoje, embora sempre tenha uma preocupação quando acontece algo com um jogador", acrescentou.

Fred deixou o Atlético Mineiro no final de 2017 e, no mesmo dia, anunciou o acordo com o Cruzeiro. Teve, contudo, um difícil início de temporada, com poucos gols - apenas um - e uma contusão na panturrilha direita, sofrida no confronto diante do Racing, no último dia 27. O duelo deste domingo marcava o seu retorno aos gramados.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.