Ian Kington/AFP
Ian Kington/AFP

Com lesão no tornozelo, Harry Kane só voltará ao Tottenham em março

Atacante teve detectado um problema nos ligamentos do tornozelo esquerdo

Redação, Estadão Conteúdo

15 de janeiro de 2019 | 17h17

Harry Kane só volta a vestir a camisa do Tottenham em março. O atacante sofreu uma lesão nos ligamentos do tornozelo esquerdo na derrota diante do Manchester United, por 1 a 0, domingo, pelo Campeonato Inglês.

"Kane continuará a ser monitorado pela nossa equipe médica. Ele já começou a reabilitação e é esperado seu retorno para o início de março", informou o Tottenham, em comunicado divulgado nesta terça-feira.

Autor de 20 gols nesta temporada, o capitão da seleção inglesa vai ficar fora do jogo de volta contra o Chelsea pela semifinal da Copa da Liga Inglesa na semana que vem, além de perder os dois confrontos pelas oitavas de final da Liga dos Campeões, diante do Borussia Dortmund. No Inglês, Kane deve desfalcar a equipe em sete jogos, inclusive nos clássicos contra Chelsea e Arsenal.

Com Son Heung-Min servindo a seleção da Coreia do Sul na Copa da Ásia, o técnico Mauricio Pochettino deverá fazer testes nos próximos dias para ver quem vai ficar coma vaga no ataque. O brasileiro Lucas Moura, que também se recupera de lesão, e o espanhol Fernando Llorente são as melhores opções.

Na briga pelo título do Inglês, o Tottenham é o terceiro colocado da tabela, com 48 pontos, cinco atrás do Manchester City e nove abaixo do líder Liverpool.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.