Lucas Figueiredo/ CBF
Lucas Figueiredo/ CBF

Com lesões e caso de covid-19, seleção olímpica tem 3 trocas para jogos no Egito

Gustavo Assunção, Danilo Pereira e Murilo chegam para substituir Antony e Luiz Felipe, ambos lesionados, e Ayrton Lucas, infectado pelo novo coronavírus

Redação, Estadão Conteúdo

12 de novembro de 2020 | 10h59

Em preparação para os Jogos Olímpicos de Tóquio-2020, adiados para 2021, a seleção brasileira olímpica de futebol masculino está no Egito para dois amistosos nos próximos dias. Um contra a Coreia do Sul e outro contra os donos da casa. Nesta quinta-feira, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) anunciou mais três trocas na lista de convocados pelo técnico André Jardine por conta de lesões e um caso de covid-19.

Foram chamados o meio-campista Gustavo Assunção, do Famalicão, de Portugal; o atacante Danilo Pereira, do Twente, da Holanda; e o zagueiro Murilo, do Lokomotiv Moscou, da Rússia. O trio chega para substituir Antony, do Ajax, e Luiz Felipe, da Lazio, ambos lesionados, além de Ayrton Lucas, do Spartak Moscou, diagnosticado com o novo coronavírus.

Da lista original, divulgada no final de outubro,  Jardine já tinha feito duas alterações. O meia-atacante Tetê, do Shakhtar Donetsk, da Ucrânia, entrou no lugar de Lucas Paquetá, do Lyon, que foi convocado para a seleção principal, que disputará dois jogos das Eliminatórias da Copa do Mundo de 2022, neste mê. Já Mauro Júnior, do PSV Eindhoven, da Holanda, assumiu a vaga deixada pelo atacante Pedrinho, do Benfica, cortado em decorrência de uma lesão no pé esquerdo.

A seleção olímpica entra em campo contra a Coreia do Sul neste sábado, às 11 horas (de Brasília), no Al Salan Stadium. O duelo contra o Egito será na próxima terça-feira, às 16 horas, no estádio Internacional do Cairo. Gustavo Assunção, Danilo Pereira e Murilo se juntam a seleção na noite desta quinta-feira e, a partir de sexta, participam das atividades com o restante do grupo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.