Lucas Uebel / Grêmio FBPA
Lucas Uebel / Grêmio FBPA

Com Luan, Gremio mede forças contra o Atlético-PR pela 2ª vitória no Brasileirão

Além do atacante, Léo Moura e Maicon voltam ao time; Arthur, gripado, é dúvida

Estadão Conteúdo

22 de abril de 2018 | 07h54

Reforçado de seu principal jogador, o atacante Luan, o Grêmio mede forças contra o Atlético Paranaense neste domingo, às 19 horas, na Arena Grêmio, em Porto Alegre, pela segunda vitória no Campeonato Brasileiro e, por consequência, pela manutenção da boa fase na temporada atual.

+ Renato diz que não pediu aumento ao Grêmio para rejeitar 'sonho' de treinar o Fla

+ Veja os confrontos das oitasvas da Copa do Brasil

Adversários deste domingo, Grêmio e Atlético Paranaense são duas das equipes que mais agradam dentro de campo. O time do técnico Renato Gaúcho vem embalado pela conquista do Estadual e pela vitória e atuação consistente sobre o Cruzeiro em Belo Horizonte, na primeira rodada do Brasileirão.

O bom futebol jogado rendeu à equipe gaúcha uma invencibilidade que já dura mais de um mês. O último revés foi em 21 de março, para o arquirrival Internacional, ainda pelo Campeonato Gaúcho.

Em campo, além de Luan, que retorna após desfalcar o time em dois jogos por conta de dores musculares, o Grêmio terá Léo Moura e Maicon de volta. Os dois não enfrentaram o Cerro Porteño, do Paraguai, na última terça-feira, pela Copa Libertadores, pois foram preservados em razão do desgaste físico.

Por outro lado, Arthur, gripado, virou dúvida. Ele foi relacionado, mas Renato Gaúcho disse que aguardará até horas antes da partida para saber se poderá escalar o meia. Expulso no jogo contra o Cruzeiro, o zagueiro Kannemann é desfalque certo.

Com o gol e a boa exibição em sua estreia com a camisa gremista, o centroavante André deve permanecer na equipe titular. Como tem jogos de três competições pela frente nos próximos dias - Brasileirão, Copa do Brasil e Libertadores - Renato Gaúcho mexerá novamente no time e preservar alguns jogadores.

"Vamos jogar domingo, quarta, no sábado, na terça. E como eu vou colocar a mesma equipe em quatro jogos? É impossível. Felizmente, estamos em um grande clube que disputa tudo. O Grêmio tem três competições em andamento. É impossível colocar em campo a cada jogo", disse o treinador.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.