Eddie Keogh/Reuters
Eddie Keogh/Reuters

Com Lucas 'garçom' e arbitragem confusa, Tottenham avança na Copa da Inglaterra

Brasileiro distribui assistências em goleada por 6 a 1 sobre o Rochdale

Estadão Conteúdo

28 de fevereiro de 2018 | 18h54

Em jogo disputado sob neve e com arbitragem confusa, o Tottenham goleou o Rochdale por 6 a 1, nesta quarta-feira, e avançou na Copa da Inglaterra. A vaga nas quartas de final veio com grandes atuações do espanhol Fernando Llorente, autor de três gols, e do sul-coreano Heung-Min Son, responsável por dois. O brasileiro Lucas teve dia de "garçom".

+ Paris Saint-Germain confirma que o atacante Neymar será operado

+ Sem Neymar, PSG tem brilho de Di María e avança à semifinal da Copa da França

O duelo foi marcado pela atuação confusa do juiz Paul Tierney, que acionou o árbitro de vídeo por cinco vezes somente no primeiro tempo. Ele pediu o auxílio em lances incomuns, que não devem exigir este recurso, como uma "paradinha" em cobrança de pênalti e um lance de impedimento. Pelos critérios do árbitro de vídeo usado nas principais competições do mundo, a ferramenta só deve ser acionada em quatro situações: gol, pênalti, cartão vermelho ou erro na identificação do jogador em campo.

O excesso de participação do árbitro de vídeo causou revolta por parte dos dois times. Da beira do gramado, os dois treinadores criticaram a atuação de Tierney. A primeira intervenção do recurso de vídeo aconteceu logo aos cinco minutos de jogo, quando Lamela balançou as redes. Após a comemoração do gol, o juiz anulou o lance ao considerar falta do ataque do Tottenham antes da conclusão certeira de Lamela.

O primeiro gol da partida acabou saindo aos 22 minutos. Son conteve a marcação de dois rivais e bateu de direita, forte, no canto, da entrada da área. O segundo gol do Tottenham e do próprio sul-coreano quase saiu aos 26. Depois de pênalti assinalado com a ajuda do vídeo, Son fez "paradinha" na cobrança e marcou. Mas o juiz buscou a ajuda do vídeo para dar cartão amarelo ao atacante e anular a finalização.

Enquanto o Tottenham ainda tentava entender a marcação do árbitro, o Rochdale aproveitou o momento mais favorável e buscou o empate. Aos 30, Humphrys dominou com categoria, driblando o goleiro antes de bater para as redes.

No segundo tempo, o time londrino foi para cima e deslanchou no jogo, ao mesmo tempo em que a neve caía com mais força sobre o gramado do estádio de Wembley. Logo aos 2 minutos, Llorente recebeu grande passe de Lucas e bateu na saída do goleiro. Cinco minutos depois, Son acionou Lucas, que cruzou rasteiro da direita e o espanhol completou com facilidade para as redes.

Inspirado, Llorente anotou o seu terceiro gol na partida aos 13. Após tabela pela direita, a jogada culminou em cruzamento de Son e cabeçada do espanhol. "Garçom" do dia, Lucas participou ainda do quinto e último gol dos mandantes ao acertar belo passe para Lamela, que cruzou para Son marcar mais um, aos 20 minutos.

Nos minutos finais, já com o gramado quase todo branco, o Tottenham teve chances para ampliar o placar, com uma bola na trave, em cobrança de falta. Faltando dez minutos para o fim, o jogo precisou ser paralisado para que a organização da partida pudesse "limpar" o campo, ao remover a neve sobre as linhas de marcação.

Já nos acréscimos o Tottenham sacramentou a goleada e a classificação com gol de Walker-Peters. Com a vaga garantida nas quartas de final, o Tottenham voltará a campo pela Copa da Inglaterra no dia 17 de março para enfrentar o Swansea City.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolTottenham

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.