Divulgação
Divulgação

Com maior público da Série B, Santa Cruz tira o Botafogo da liderança

Grafite estreia e garante festa dos quase 45 mil presentes ao Arruda

ANTONIO PITA, Estadão Conteúdo

08 de agosto de 2015 | 18h49

Em jogo decisivo, o Botafogo desperdiçou a oportunidade de retomar a liderança da Série B do Campeonato Brasileiro ao perder por 1 a 0 para o Santa Cruz, neste sábado, no estádio do Arruda, no Recife, pela 17.ª rodada. Com apoio de quase 45 mil torcedores - o maior público da competição até agora -, o time pernambucano teve mais chances, conseguiu um gol no início do segundo tempo com o estreante Grafite e segurou o resultado sem dificuldades.

Com o resultado, o Santa Cruz subiu três posições na tabela de classificação, chegando à oitava colocação com 25 pontos. Já o Botafogo amarga a quarta partida sem vencer e se distancia do topo, que foi assumido pelo Vitória. Em crise, o time comandado pelo técnico Ricardo Gomes não consegue marcar gol há três rodadas e estagnou nos 30 pontos.

Em campo, o time carioca parecia perdido e sem criatividade nas jogadas. Toda a partida foi marcada por lances truncados das duas equipes, mas o Santa Cruz soube aproveitar a única oportunidade que teve. Em sua estreia na volta ao time pernambucano após 13 anos, Grafite fez a alegria da torcida ao cabecear a bola direto para o gol, após cruzamento sob medida por João Paulo.

O time carioca ainda tentou pressionar o rival nos últimos 15 minutos da partida, com esforço do atacante Sassá, mas não conseguiu finalizar com precisão nas poucas oportunidades criadas.

Além do gol, os principais lances da partida foram do Santa Cruz. Ainda no primeiro tempo, Bileu bateu de primeira após receber a bola na entrada da área. O forte chute exigiu do goleiro Jefferson uma defesa espetacular, que segurou um resultado que poderia ser ainda pior para o Botafogo.

FICHA TÉCNICA

SANTA CRUZ 1 x 0 BOTAFOGO

SANTA CRUZ - Tiago Cardoso; Vitor (Moradei), Neris, Danny Morais e Marlon (Lúcio); Wellington, Bileu, Lelê e João Paulo; Anderson Aquino e Grafite (Luisinho). Técnico: Marcelo Martelotte.

BOTAFOGO - Jefferson; Luis Ricardo, Renan Fonseca, Diego Giaretta e Thiago Carleto; Willian Arão, Serginho (Daniel Carvalho), Octávio (Lulinha) e Diego Jardel; Neilton (Sassá) e Álvaro Navarro. Técnico: Ricardo Gomes.

GOL - Grafite, aos 5 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Anderson Aquino (Santa Cruz); Serginho e Lulinha (Botafogo).

ÁRBITRO - Flávio Rodrigues Guerra (SP).

RENDA - R$ 1.800.815,00.

PÚBLICO - 44.485 pagantes.

LOCAL - Estádio do Arruda, no Recife (PE).

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSérie BSanta CruzBotafogo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.