Divulgação
Divulgação

Com mais de 400 jogos no comando, Zimmermann é demitido do Brasil de Pelotas

Técnico não resiste à má fase vivida pelo clube na Série B do Campeonato Brasileiro

Estadao Conteudo

20 de julho de 2017 | 15h30

Um dos treinadores com mais tempo no comando de um clube - mais de 400 jogos -, Rogério Zimmermann não suportou a má fase vivida pelo clube na Série B do Campeonato Brasileiro, onde vem flertando com a zona de rebaixamento, e foi demitido nesta quinta-feira. A despedida foi na goleada sofrida pelo Paraná, por 4 a 1, no Durival Britto, na terça.

O treinador iniciou sua passagem pelo clube em 2012 e teve grande participação no sucesso do time, que deixou a Série D do Brasil em 2014 para jogar a segunda divisão dois anos depois, sendo que na temporada passada chegou até a brigar por um lugar na elite do futebol. Ele também subiu o time para a primeira divisão do Campeonato Gaúcho.

O trabalho de Zimemermann acabou nesta quinta-feira com o anúncio feito pela diretoria do clube. Em 15 jogos na Série B, foram cinco vitórias, dois empates e oito derrotas, resultados que deixaram a equipe na 16ª colocação, com 17 pontos, a um do descenso.

O principal candidato para assumir a vaga de Zimmermann no Brasil-RS é Julinho Camargo, que está sem clube desde que deixou o Boa. Ele tem passagens também por Goiás, Veranópolis, Novo Hamburgo, e Grêmio.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.