Cesar Greco/Agência Palmeiras
Cesar Greco/Agência Palmeiras

Palmeiras e Cruzeiro se enfrentam com Marcelo Oliveira como atração

Técnico reencontro clube onde foi bicampeão brasileiro

Daniel Batista, O Estado de S.Paulo

09 de agosto de 2015 | 07h01

Um dia de reencontros e volta por cima no Mineirão. Palmeiras e Cruzeiro se enfrentam com objetivos distintos neste domingo, às 16h, mas muita coisa em comum, além do passado como Palestra Itália. Os palmeirenses não querem deixar com que a derrota para o Atlético-PR e a lesão de Gabriel façam o time perder o bom ritmo enquanto os mineiros querem voltar a vencer para se afastar da parte debaixo da tabela. No banco de reservas, Marcelo Oliveira deve ser uma atração especial.

Pela primeira vez, após dois anos e cinco meses comandando o Cruzeiro, o treinador reencontra o time onde foi bicampeão brasileiro. "É um jogo importante para os dois times. Queremos voltar ao G-4, mas, depois de tanto tempo, não dá para dizer que não vai ter algo emocional. A torcida do Cruzeiro foi parceira fiel e sempre recebemos carinho deles", disse o comandante palmeirense.

Apesar de tanto respeito e carinho com o ex-clube, Marcelo quer ver o seu Palmeiras no ataque e aproveitando a má fase do adversário para vencer e recuperar os três pontos perdidos em casa diante do Atlético-PR, na última rodada.

Para isso, terá de evitar que o elenco demonstre em campo o abatimento que foi visto fora dele durante a semana por causa da grave lesão do volante Gabriel, que só voltará aos gramados no ano que vem.

Os jogadores sentiram bastante a perda do companheiro e prometem que vão tentar transformar a tristeza em uma motivação extra para o time se manter na briga pelas primeiras colocações do campeonato. 

Para o lugar de Gabriel, Marcelo Oliveira chegou a testar Cleiton Xavier, mas deve optar pelo volante Amaral. Outra novidade esperada era a estreia de Lucas Barrios como titular. Ele chegou a treinador na quinta e sexta-feira entre os titulares. Porém, o paraguaio sentiu dores na coxa no sábado foi descartado para a partida. Assim, Leandro Pereira deve ser mantido na equipe.

O Palmeiras vai jogar neste domingo com a camisa amarela que foi lançada em 2013 para relembrar a partida do dia 7 de setembro de 1965, quando o time representou a seleção brasileira para enfrentar o Uruguai, em amistoso realizado no Mineirão, palco da partida contra o Cruzeiro. 

A equipe mineira também estará desfalcada. O lateral-direito Mayke está suspenso pelo terceiro cartão amarelo. Como Ceará, o reserva imediato, está machucado, o jeito será improvisar o zagueiro Léo na posição. No meio, Charles também está fora por suspensão e o lateral-esquerdo Fabrício também vai atuar improvisado no setor. 

FICHA TÉCNICA

CRUZEIRO: Fábio; Léo, Manoel, Paulo André e Mena; Willians, Fabrício, Henrique e Alisson; Marinho e Vinícius Araújo

Técnico: Vanderlei Luxemburgo

PALMEIRAS: Fernando Prass; Lucas, Victor Ramos, Leandro Almeida e Egídio; Amaral, Arouca, Robinho, Dudu e Rafael Marques; Leandro Pereira

Técnico: Marcelo Oliveira

JUIZ: Wilson Pereira Sampaio (GO)

LOCAL: Mineirão, em Belo Horizonte

HORÁRIO: 16h

Tudo o que sabemos sobre:
PalmeirasCruzeiroBrasileirãoFutebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.