Com mediação da Fifa, jogadores de Togo recebem dinheiro

O porta-voz da Fifa, Markus Siegler, disse nesta terça-feira que os jogadores de Togo receberão o dinheiro devido pela federação de futebol daquele país. Os atletas vinham cobrando o pagamento de prêmios pela classificação à Copa desde o início da competição, e chegaram a ameaçar não entrar em campo na partida disputada nesta segunda, contra a Suíça, que perderam por 2 a 0."Posso assegurar que o problema de pagamento dos prêmios aos jogadores de Togo foi resolvido de maneira satisfatória, e que em breve eles receberão o dinheiro", afirmou Siegler. De acordo com o dirigente, a Federação de Futebol de Togo vai receber, adiantado, os 7 milhões de francos suíços (cerca de 4,6 milhões de euros) que a Fifa paga, no mínimo, a todas as seleções que participam do Mundial (1 milhão de francos suíços para a fase de preparação e 2 milhões para cada jogo da primeira fase)."Mas quero deixar claro que não é a Fifa que está pagando diretamente aos jogadores, mas sim a federação de Togo, que nos solicitou uma mediação", acrescentou Siegler, que ressaltou que a Fifa vai garantir que os jogadores recebam os prêmios estipulados.Já eliminada da Copa, a seleção de Togo fará seu último jogo da primeira fase do grupo G contra a França, na próxima sexta, em Colônia. Coréia do Sul e Suíça, que lideram a chave, com quatro pontos, se enfrentarão, no mesmo horário, Hannover.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.