Com meta definida, Ponte Preta busca a reação em casa

Vinte e sete pontos em 54 pontos possíveis. Esta é a meta traçada pelos matemáticos da Ponte Preta para escapar do rebaixamento no Campeonato Brasileiro. E para este objetivo não tornar-se algo cada vez mais difícil, o time de Campinas espera começar a sua reação contra o Corinthians. Os dois times se enfrentam nesta quarta-feira, às 21h50, no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas, pela 22.ª rodada.

AE, Agência Estado

18 de setembro de 2013 | 07h45

A Ponte Preta entra em campo pressionada por uma série negativa de oito jogos sem vitórias no Brasileirão. Antes do último empate contra o Flamengo por 1 a 1, o time vinha de sete derrotas consecutivas, sequência que o derrubou para a penúltima colocação, com 16 pontos.

O elenco campineiro sabe que não pode mais adiar a reabilitação. A cada rodada que passa o aproveitamento necessário para escapar se torna maior e a pressão das arquibancadas aumenta. "Temos 18 jogos a serem feitos e precisamos ter nove vitórias. Não é impossível. É viver jogo após jogo para sair dessa situação", minimizou o atacante Chiquinho.

A tensão pela falta de resultados ficou clara, nesta terça, quando aconteceu um desentendimento entre o técnico Jorginho e o atacante Rildo. Ele se irritou por treinar pouco tempo entre os titulares, discutiu com membros da comissão técnica e foi expulso. O atacante não ficará nem no banco de reservas.

Do time que empatou com o Flamengo, uma mudança é certa: Diego Sacoman substitui César, na defesa, já que este último está suspenso por expulsão. A outra mudança será no meio de campo. Promessa da base, Alef ganha a vaga que era de Adaílton no time titular. Além disso, os meias Ramirez e Giovanni estão impedidos de atuar por força contratual, já que pertencem ao Corinthians.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBrasileirãoPonte Preta

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.