Divulgação
Divulgação

No México, Inter encara o Tigres por vaga na final da Libertadores

Qualquer empate classifica o time gaúcho, que busca tricampeonato

Estadão Conteúdo

22 de julho de 2015 | 08h06

O Internacional duela contra o Tigres, nesta quarta-feira, às 22 horas (de Brasília), no estádio Universitário de Monterrey, no México, por uma vaga na decisão da Copa Libertadores. Depois de vencer o jogo de ida por 2 a 1 no estádio Beira-Rio, em Porto Alegre, na semana passada, o time colorado precisa apenas de um empate para avançar na competição.

O técnico uruguaio Diego Aguirre fez mistério e não revelou a escalação da equipe gaúcha para a partida. A principal dúvida está na formação ofensiva. O atacante Eduardo Sasha está recuperado de lesão, começou entre os titulares na última rodada do Campeonato Brasileiro e pode ficar com a vaga de Valdívia ou Lisandro López.

Aguirre não poderá acompanhar a partida do banco de reservas, pois cumprirá o segundo dos três jogos de gancho pela expulsão diante do Independiente Santa Fé, da Colômbia, nas quartas de final. O auxiliar Enrique Carrera comandará o time no campo.

O Internacional realizou um único treinamento em Monterrey, palco da semifinal, nesta terça-feira. O técnico Diego Aguirre optou por dar descanso aos jogadores pela manhã e comandou um trabalho de portas fechadas à noite.

O Tigres também fez mistério sobre a equipe que entrará em campo. O técnico brasileiro Ricardo Ferretti abriu o treino só na parte do rachão. No entanto, deve fazer apenas uma alteração em relação ao jogo de ida. O zagueiro Ayala, expulso no Beira-Rio, dará lugar a Briseño.

Para garantir a classificação, os mexicanos precisam vencer por 1 a 0 ou por dois gols de diferença. Caso o placar da primeira partida se repita, desta vez a favor do Tigres, a decisão será na disputa por pênaltis.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolInterCopa Libertadores

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.