Cesar Greco/Ag. Palmeiras
Cesar Greco/Ag. Palmeiras

Com Moisés em campo, Palmeiras treina de olho na Libertadores

Alviverde estreia quarta-feira na competição, contra o Junior Barranquilla, na Colômbia

Redação, Estadão Conteúdo

03 de março de 2019 | 20h34

Sem descanso no carnaval, o Palmeiras trabalhou normalmente neste domingo, de olho na estreia na Copa Libertadores. E o técnico Luiz Felipe Scolari contou com a presença do meia Moisés no gramado da Academia de Futebol. Recuperado, ele não deve ser problema para o jogo na Colômbia, na quarta-feira.

Moisés havia desfalcado o time titular do Palmeiras no jogo contra o Ituano, na quarta, pelo Campeonato Paulista. Era uma precaução por conta de uma pancada na perna direita que o jogador havia sofrido na partida anterior. Mostrando bons sinais de recuperação, ele também treinou no sábado.

O treino deste domingo foi mais uma vez fechado. Felipão manteve o mistério às vésperas da estreia na Libertadores, contra o Junior Barranquilla, pela fase de grupos. As atividades com os portões fechados vêm sendo rotina no clube nas últimas semanas. E o técnico não deve mudar isso na segunda-feira.

Felipão avisou que o treino seguirá forte, por causa da proximidade do campeonato que é a maior prioridade do time na temporada. "Não sei se alguém quer assistir no sambódromo, mas vamos trabalhar sábado pela manhã, domingo pela manhã e segunda pela manhã. Até porque carnaval para jogador de futebol é trabalho", declarou.

Nesta segunda, pela manhã, o treinador deve decidir sobre a presença de Gustavo Scarpa na lista de relacionados para a estreia, na Colômbia. O meia se recupera de lesão e vem acelerando seu tratamento para estar em condições de entrar em campo na quarta-feira. Já o zagueiro Luan é baixa certa para a estreia.

O treino desta segunda está marcado para as 9 horas. Após a atividade, a delegação do Palmeiras vai embarcar para a Colômbia. E, na terça, deve fazer o último treino de preparação no país vizinho.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.