Com Montenegro perto da Eurocopa, técnico é demitido

Montenegro é a grande surpresa das Eliminatórias da Eurocopa de 2012. A equipe só depende dela para ultrapassar a Inglaterra e carimbar vaga na competição que será disputada na Ucrânia e na Polônia, sem precisar de repescagem. Mesmo assim, demitiu o seu técnico nesta quinta-feira, alegando maus resultados.

AE, Agência Estado

08 de setembro de 2011 | 20h01

A Federação de Futebol de Montenegro, em decisão unânime, decidiu demitir Dejan Savicevic depois de duas derrotas nos dois últimos jogos. Além disso, teria pesado, de acordo com a Federação, o clima ruim internamente dentro da equipe. Branko Brnovic, que era auxiliar, foi promovido ao cargo de treinador.

Montenegro tem 11 pontos em seis jogos da Eurocopa, contra 17 em sete da Inglaterra. Uma vitória jogando em casa, dia 7 de outubro, no confronto direto, deixaria a seleção montenegrina perto da sua primeira Eurocopa. Só precisaria vencer a eliminada Suíça quatro dias depois, em Basel, casa do adversário.

De acordo com o presidente da Federação, Kranjcar "já não é o mesmo que foi no ano passado". Na sexta, o time perdeu de 2 a 1 para o País de Gales, pelas Eliminatórias. Antes, em agosto, havia sido batido pela Albânia, em amistoso, por 3 a 2.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.