Robert Puglla/EFE
Robert Puglla/EFE

Com mudanças, Espanha supera Equador fora de casa

Em seu primeiro jogo desde o vice na Copa das Confederações, seleção espanhola ganha por 2 a 0

AE, Agência Estado

14 de agosto de 2013 | 19h41

GUAYAQUIL - Em seu primeiro jogo desde a derrota na final da Copa das Confederações, a seleção da Espanha não se intimidou com a torcida contra e venceu o Equador por 2 a 0, em amistoso disputado em Guayaquil. O técnico Vicente Del Bosque promoveu mudanças no time, que contou com gols de Negredo e Cazorla.

Entre várias alterações, o treinador não contou com Xavi, Piqué e Pedro. E deu chances a Llorente, Tello e Thiago Alcântara, além dos autores dos dois gols espanhóis. Negredo balançou as redes aos 25 e Cazorla ampliou aos 17 minutos da segunda etapa.

A partida foi marcada por uma homenagem a Chucho Benítez, atacante que morreu no mês passado em razão de uma parada cardíaca. Todos os jogadores equatorianos entraram em campo com a camisa 11, em referência ao número do atacante. Aos 11 minutos, o jogo foi interrompido para que a torcida aplaudisse o jogador falecido.

Com a vitória, a Espanha mostrou sinais de recuperação após a derrota por 3 a 0 para o Brasil, na final da Copa das Confederações, no dia 30 de junho. E resgatou o moral para a sequência das Eliminatórias para a Copa do Mundo.

Já o vizinho Portugal fez jogo duro com a Holanda, atual vice-campeã mundial. Cristiano Ronaldo garantiu o empate por 1 a 1, ao marcar aos 42 minutos do segundo tempo. Ele aproveitou sobra dentro da área, após escanteio, e completou para as redes. No primeiro tempo, Strootman havia aberto o placar aos 17, em favor dos holandeses. O amistoso foi disputado na cidade de Faro, em Portugal.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.