Bruno Oliveira/ Fortaleza
Bruno Oliveira/ Fortaleza

Com mudanças na defesa, Fortaleza tenta confirmar permanência contra o Inter

Rogério Ceni já sabe que não poderá contar com os zagueiros Jackson e Paulão

Redação, Estadao Conteudo

24 de novembro de 2019 | 15h31

Com mudanças na escalação, principalmente na defesa, o Fortaleza entra em campo às 19 horas deste domingo para tentar confirmar, diante do Internacional, sua permanência na Série A do Campeonato Brasileiro. O duelo será disputado no estádio Beira-Rio, em Porto Alegre.

O técnico Rogério Ceni finalizou a preparação do Fortaleza com os portões fechados. O treinador já sabe que não poderá contar com os zagueiros Jackson, com uma lesão na coxa, e Paulão, impedido de atuar por ter contrato com o Internacional. No entanto, terá Bruno Melo e Osvaldo.

Com os desfalques, o treinador formou a dupla defensiva com Adalberto e Quintero. Bruno Melo voltou para o lado esquerdo, enquanto Tinga brigará com Gabriel Dias por um lugar na lateral direita. Já Osvaldo formará a trinca ofensiva com André Luis e o artilheiro Wellington Paulista.

"Paulão não poderá jogar, mas o Gabriel estará à disposição. Trabalhamos com Quintero e Adalberto no setor. Vamos com força máxima para o duelo. Quem entrar em campo, dará o seu melhor em prol do Fortaleza", projeta Rogério Ceni.

O treinador mostrou certa preocupação com a pontuação do Fortaleza no Brasileirão. O time cearense é o 12º colocado, com 42 pontos, contra 35 do Fluminense, o primeiro dentro da zona de rebaixamento.

"Temos ainda cinco jogos para fazer. Vamos buscar o máximo de pontos possíveis. Fortaleza ainda não está fora do rebaixamento. Estamos relativamente longe do objetivo final. Quarenta e dois pontos não são suficientes para escapar da queda", afirma Ceni.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolFortaleza Esporte Clube

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.