Carlos Gregório Jr/Vasco.com.br
Carlos Gregório Jr/Vasco.com.br

Com 'indignação' após derrota do Vasco, Castán pede equilíbrio ao elenco

Equipe cruzmaltina levou 2 a 0 da Cabofriense, no primeiro revés na temporada

Redação, Estadão Conteúdo

18 de março de 2019 | 18h45

A primeira derrota do Vasco na temporada deixou o zagueiro Leandro Castán bastante insatisfeito. A queda por 2 a 0 para a Cabofriense, no domingo, em Cariacica, precisa ser encarada "com muita indignação", segundo o jogador, mesmo que a equipe já esteja garantida nas semifinais do Campeonato Carioca.

"Temos que encarar a derrota com muita indignação. Estamos em um clube grande. O normal aqui tem que ser vencer. Estamos classificados para a semifinal, em nenhum momento deixamos a Taça Rio de lado. Até domingo, estávamos invictos, tivemos dois empates em clássicos. Continuamos o nosso percurso, com o mesmo objetivo que é conquistar o Campeonato Carioca", declarou nesta segunda-feira.

A primeira derrota na temporada veio depois de 13 partidas de invencibilidade. Durante esta sequência, o Vasco conquistou a Taça Guanabara, o que garante a equipe ao menos nas semifinais do Carioca. Por isso, Castán considerou que o resultado do fim de semana deve servir de aprendizado para os jogadores.

"Sabemos dos nossos problemas, o que temos que corrigir. A derrota ensina, mas a vitória também. Quando estávamos ganhando, também havia cobrança por melhora. Vamos procurar melhor porque para ser campeão temos que melhorar sempre. Quarta temos um jogo difícil e vamos entrar muito focados", disse, mirando o duelo diante do Resende, em Volta Redonda, pela penúltima rodada da Taça Rio.

Para o zagueiro, o elenco vascaíno precisa de equilíbrio e não pode se deixar abater pela derrota. "Não é porque sofremos uma derrota que nada presta. Como quando estávamos ganhando, não estava tudo certo. Tem que ter a cabeça fria para não achar que é o cara, como na derrota não pode achar que você não vale nada. Continuamos trabalhando com os pés no chão e vamos em busca desse objetivo. Confio muito nos meus companheiros, na comissão técnica, e vamos alcançá-lo."

Tudo o que sabemos sobre:
VascofutebolLeandro Castán

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.