Sirli Freitas/ Chapecoense
Sirli Freitas/ Chapecoense

Com Neto e Follmann, Chapecoense se despede de Alan Ruschel: 'Te vimos renascer'

Lateral-esquerdo, um dos sobreviventes do acidente de avião da equipe, vai defender o Cruzeiro

Redação, Estadão Conteúdo

12 de fevereiro de 2021 | 19h04

A Chapecoense se despediu de Alan Ruschel nesta sexta-feira com um vídeo publicado em suas redes sociais. O lateral-esquerdo, que fez história com a camisa alviverde, aceitou a proposta do Cruzeiro, recebida após o time catarinense faturar o título do Campeonato Brasileiro da Série B.

No vídeo, são mostradas imagens marcantes de Alan Ruschel pelo clube com depoimentos de Jackson Follmann e Neto. Os dois, assim como o lateral, sobreviveram à tragédia aérea de 2016, na Colômbia.

"Te vimos renascer e o teu recomeço. Vimos seu sonho se realizar pela segunda vez e talvez maior e mais emblemático do que a primeira", disse o ex-zagueiro Neto, que hoje é supervisor da Chapecoense.

Jackson Follmann, que precisou interromper a carreira após ter a perna direita amputada por conta do acidente, usou a palavra "infinito" para definir a história de Ruschel na Chapecoense. "Que palavra melhor poderia definir sua história com a camisa da Chapecoense se não infinito. Foram começos, recomeços, descensos, acessos e ressurgimentos até o seu último ato", comentou o embaixador do clube catarinense.

Alan Ruschel, de 31 anos, teve três passagens pela Chapecoense. Ao todo, o lateral disputou 94 partidas e conquistou cinco títulos: três Catarinenses (2016, 2017 e 2020), um brasileiro da Série B (2020) e uma Sul-Americana (2016).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.