Celio Messias
Celio Messias

Com oito desfalques, São Paulo só empata com Botafogo-SP fora de casa

Tricolor volta a falhar atrás em empate por 1 a 1

Paulo Favero, O Estado de S.Paulo

22 de março de 2017 | 23h48

Com um gol de Gilberto, artilheiro do time no ano ao lado de Cueva, o São Paulo saiu na frente do Botafogo, em Ribeirão Preto, pelo Campeonato Paulista, mas sofreu o empate após mais uma falha do sistema defensivo na temporada e ficou no 1 a 1. Com o resultado, o time lidera o Grupo B do Estadual com 16, dois a mais que o Linense, vice-colocado. O tropeço fora de casa mantém um incômodo jejum: o time de Rogério Ceni soma quatro jogos sem vitórias: uma derrota e três empates – incluindo um pela Copa do Brasil.

O São Paulo entrou em campo com oito desfalques, entre eles o meia Cueva e o atacante Pratto, em suas seleções nacionais, e os zagueiros titulares Maicon e Rodrigo Caio, que estão se recuperando de lesão. Com isso, Ceni montou a zaga com Lugano e Lucão, que atuou pela primeira vez no Paulistão, e optou por um meio de campo com três volantes.

Com isso, o time não tinha um grande poder de criação, mas conseguia marcar bastante no meio e pressionava quando tinha a bola. Aos 5 minutos, a primeira grande chance veio com Luiz Araújo, que mandou a bola no travessão, assustando Neneca. O São Paulo apertava e aos 20, em um cruzamento de Junior Tavares, Gilberto marcou de cabeça. Foi o sétimo gol dele na temporada, se tornando artilheiro da equipe ao lado de Cueva.

No segundo tempo, o Botafogo voltou melhor e foi em busca do gol. O técnico Moacir Júnior colocou Kauê no time e logo o garoto mostrou seu talento, ao aproveitar um passe nas costas de Lucão e chutar na saída do goleiro Renan Ribeiro. Foi o 19º gol que o time sofreu no Paulistão.

Para piorar, Ceni perdeu o lateral Bruno e teve de improvisar o volante Araruna na direita. Mesmo assim mexeu no time e colocou Lucas Fernandes para criar as jogadas, além de Chávez no ataque, mas o Botafogo também continuou pressionando em busca da virada no marcador. Mas o jogo seguiu equilibrado até o fim, com muitos erros dos dois lados.

FICHA TÉCNICA

BOTAFOGO 1 x 1 SÃO PAULO

BOTAFOGO: Neneca; Samuel Santos, Gualberto, Filipe e Diego Pituca; Bileu (Fernando Medeiros), Marcão Silva, Vitinho (Bernardo) e Serginho (Kauê); Francis e Marcão. Técnico: Moacir Júnior.

SÃO PAULO: Renan Ribeiro; Bruno (Lucas Fernandes), Lugano, Lucão e Junior Tavares; João Schmidt, Araruna e Thiago Mendes; Luiz Araujo, Gilberto (Chávez) e Wellington Nem (Jucilei). Técnico: Rogério Ceni.

Gols: Gilberto, aos 20 minutos do 1º tempo; Kauê, aos 8 minutos do 2º tempo.

Juiz: Leandro Bizzio Marinho.

Cartões Amarelos: Serginho, Bileu, Fernando Medeiros, Araruna e Bruno.

Renda: R$  577.345,00 (12.388 pagantes).

Local: Estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto (SP).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.